Huffpost Brazil

Futebol: os fanáticos e seus conhecimentos absurdos

Publicado: Atualizado:
Print Article
FANS WORLD CUP 2014
Getty Images

Da biografia de um jogador aos resultados dos jogos, de um gol memorável àquela contusão que encerrou uma carreira, torcedores de futebol conseguem lembrar de muita coisa.

E, se você chegou a cinco metros de um deles nas últimas semanas, sabe que a Copa do Mundo é a oportunidade perfeita para exibir esses conhecimentos.

Afinal, como é possível guardar tanta informação assim? É uma loucura.

“Não há um lugar específico para guardar esse tipo de informação no cérebro”, diz Raj Persaud, consultor psiquiátrico e colaborador do HuffPo UK. “Os torcedores se lembram de um misto de estatísticas, eventos e nomes, o que significa que, teoricamente, estão usando partes completamente diferentes das áreas de memória do cérebro.”

A capacidade que os torcedores têm para se lembrar de um volume tão grande de informações nos ensina muito a respeito da capacidade da memória humana, diz ele. E, por sua vez, essa informação pode ser a chave para nos ajudar a aprender melhor e a reter mais informações.

“A primeira coisa que os torcedores têm em comum é a paixão pelo assunto”, diz Persaud.

O resultado é que o cérebro funciona como uma esponja, absorvendo informações. E, além disso, você nem percebe que está aprendendo.

Torcedores conseguem se lembrar de datas, eventos e lugares sem fazer esforço. Mas peça para que eles façam o mesmo com o que aprenderam nas aulas de história e é provável que eles tenham dificuldades.

Outro aspecto que ajuda a memória, diz Persaud, é ter emoções fortes.

Você se lembra de gritar muito quando Branco deu aquele petardo de perna esquerda (que quase encontrou o corpo de Romário) no gol da Holanda em 1994? É a memória episódica. Essa é a memória dos eventos autobiográficos e a que é responsável pela lembrança de eventos específicos.

Além disso, os torcedores cristalizam o conhecimento por estarem imersos na cultura futebolística. Seja debatendo com os amigos ou lembrando da “época de ouro”, relembrar informações é essencial para que as coisas continuem guardadas em nossas memórias.

“Um torcedor não desenvolve todo esse conhecimento ao ver um só jogo”, diz Persaud. “Eles assistem, falam e pensam em futebol todos os dias.”

“Quando você está aprendendo uma língua, é melhor ir para o país para ficar imerso na cultura — com o futebol é a mesma coisa”, acrescenta ele. “Para dominar um assunto, por mais chato que seja, você precisa estar imerso nele.”

Isso pode parecer trivial para quem não é fanático por futebol. Mas, além de saber mais que todos os seus amigos no bar, há muitos benefícios no uso desses insights sobre a memória dos torcedores.

A Football Memories é uma organização que usa o interesse por futebol dos pacientes no tratamento da demência — é uma forma de estimular suas memórias. O projeto, que hoje tem 85 grupos na Escócia, treina voluntários para falar sobre jogos e times do passado, usando imagens e outros artigos relativos ao futebol. A iniciativa é uma parceria entre a Alzheimer Scotland e o Scottish Football Museum, e tem apoio dos jogadores da People’s Postcode Lottery e da BUPA Care Homes.

Michael White, da Alzheimer’s Scotland, afirma que a iniciativa tem muitos sucessos comprovados: “Algumas pessoas que falam em nossos grupos de futebol simplesmente não se comunicam em outras situações. Os grupos melhoram a comunicação, a autoconfiança e ajudam a reavivar habilidades perdidas, como a de desenhar.”

“Trabalhamos com pessoas em todos os estágios da doença, desde os iniciais até casos severos. Muitas vezes a equipe de tratamento consegue ver mudanças na expressão e no nível de consciência dos pacientes, mesmo que eles não consigam mais falar.”

“O programa original tinha como alvo os homens, pois eles são notoriamente difíceis de lidar. O futebol foi uma influência enorme para os homens nos anos 1950 e 1960. Definia suas atividades semanais, e o conhecimento deles era, e ainda é, espetacular.”

A expectativa é expandir o projeto para incluir outros esportes e cinema. Saiba mais sobre o projeto.

Mais memória esportiva no Brasil Post:

Momentos decisivos das Copas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção