Huffpost Brazil
Rodolfo Viana Headshot

Quantas pessoas já morreram de overdose de maconha no Brasil?

Publicado: Atualizado:
MACONHA
Thinkstock
Imprimir

Desde que o Huffington Post aportou no Brasil, em janeiro deste ano, sob o nome de Brasil Post, publicamos diversos artigos e reportagens sobre maconha. Abordamos o consumo e a repressão, os supostos benefícios e malefícios; sobretudo, apontamos a necessidade de descriminalizar a cannabis.

Em todo texto, somos questionados sobre mortes decorrentes do uso de maconha. A última vez que alguém usou overdose como justificativa ideal para não descriminalizar a erva foi no Facebook, ao divulgarmos o post DataPost: saiba quem a nossa redação elegeria Presidente da República. Confira nos comentários:

maconha

Diante deste questionamento, sentimo-nos compelidos a investigar. Destacamos dois repórteres para o trabalho de relacionar as vítimas desta pesada droga.

Segue a lista de pessoas que morreram por overdose de maconha no Brasil, desde 1500 até setembro de 2014:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Pois é. Ninguém.

Como publicado no io9, é praticamente impossível ter uma overdose de maconha. Em 1988, o juiz Francis Young, utilizando um relatório do DEA (órgão da Polícia Federal norte-americana que combate o tráfico de drogas), chegou à seguinte conclusão:

As drogas usadas na medicina em geral levam o chamado LD-50. A classificação LD-50 indica a dosagem com a qual 50% dos animais de teste que receberam determinada droga morreram com resultado da toxidade induzida. Vários pesquisadores têm tentado determinar a classificação LD-50 da maconha em teste com animais, sem sucesso. Simplificando, os pesquisadores não conseguem dar aos animais maconha suficiente para induzir à morte.

De acordo com os cálculos do relatório, para se ter uma overdose de maconha, o consumo deve ser de cerca de 680 quilos em, no máximo, 15 minutos. Isso dá entre 20 mil e 40 mil baseados.

A propósito, hoje é quarta.

Mais maconha no Brasil Post:

Close
33 descobertas sobre a maconha
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção