Huffpost Brazil

'Lemonade', de Beyoncé, é uma PODEROSA ode a todas as mulheres negras

Publicado: Atualizado:
Imprimir

A espera chegou oficialmente ao fim. Beyoncé lançou Lemonade no último sábado na HBO e no Tidal. Ele é um cativante álbum visual com 12 faixas que imediatamente levou o mundo a lhe fazer uma reverência (salve Queen. B!)

via GIPHY


A première do álbum durou uma hora e incluiu uma série de vídeos musicais amarrados criativamente com imagens estarrecedoras e letras contundentes que apenas Beyoncé seria capaz de cantar com tanta beleza.

Mas o que o torna mais belo talvez seja o fato de os vídeos que compõe o álbum serem carregados quase inteiramente por várias imagens de mulheres negras. Esta é uma iniciativa forte de Bey, que usa seu trabalho mais recente para validar a vivência das mulheres negras em todo lugar.

Ah, será que mencionei que o álbum tem uma cena de dança bem maneira com Serena Williams, que arrasa num body?

@beyonce 🍋🍋🍋🍋

A photo posted by Serena Williams (@serenawilliams) on


O trabalho mais recente de Beyoncé, em que nada é proibido ou reprimido, tem como principal pano de fundo o Sul profundo dos EUA e toca em vários temas importantes. O misto de canções que mexem na alma, imagens que assombram e poesia às vezes enigmática – boa parte dela de Warsan Shire – mostra a complexidade tanto de Bey, como artista, quanto dos temas tratados, que incluem a infidelidade, tristeza, amor, alegria, relacionamentos, condição feminina e negritude.

Há muito para analisar – algo que sem dúvida será feito em artigos reflexivos futuros – e algumas surpresas: Beyoncé chega a cantar uma canção country do tipo que fica na cabeça do ouvinte (se cuide, Taylor Swift!), Daddy Lessons, que fala de alguns dos temas mencionados acima.

via GIPHY


O álbum visual destaca 12 músicas, cada uma sobre um tema distinto: indiferença, rejeição, raiva, intuição, vazio, redução, responsabilidade, reforma, perdão, ressurreição e contrapartida. Esses temas são interligados pelas histórias que Beyoncé narra em sua voz sulina sensual, tornando o álbum visual ainda mais forte e convincente.

As questões que Beyoncé explora são coisas vividas por todas as mulheres, em especial as mulheres negras, que ela intencionalmente coloca no primeiro plano das imagens do álbum.

Ela chega a evocar o falecido Malcom X na canção Don’t Hurt Yourself, em que cita uma frase poderosa de um dos discursos do líder negro:

“A mulher mais desrespeitada da América é a mulher negra. A pessoa mais desprotegida da América é a mulher negra.”

via GIPHY


A mensagem de Beyoncé se mostra mais profunda que nunca na canção Freedom, que incluiu um verso do artista Kendrick Lamar.

A canção, que fala da negritude na América, inclui visuais incríveis de mulheres negras fortes que exigem orgulhosamente seus frohawks (moicanos afro) e outros penteados dinâmicos, em cenas que refletem e reafirmam sua beleza coletiva.

“Freedom” também é repleto de letras eletrizantes e imagens poderosas de mulheres negras que perderam homens negros em sua vida, incluindo Gwen Carr, Sybrina Fulton e Lezley McSpadden, mães de Eric Garner, Trayvon Martin e Michael Brown, respectivamente.

“Liberdade, liberdade, onde você está? Porque eu também preciso de liberdade”, Bey canta (“Freedom, freedom, where are you? ‘Cause I need freedom, too”). “Vou continuar a correr, porque uma vencedora não desiste dela mesma.”

“Freedom” se destaca também pelas participações de jovens estrelas influentes como Zendaya, Amandla Stenberg, Winnie Harlow e Quvenzhané Wallis.

via GIPHY


Beyoncé já tinha exibido sua negritude declarada no primeiro single do álbum, Formation. Mas Lemonade, como um todo, é uma expressão ainda mais poderosa de tudo o que Beyoncé é.

O álbum visual conta a história de mulheres em toda parte, mas também parece refletir fortemente a história pessoal de Beyoncé, algo que a cantora, que preza sua privacidade, não comenta em público com frequência. O álbum mostra fotos de quando ela estava grávida de Blue Ivy, vídeos caseiros velhos de seu pai e um vídeo de seu casamento com Jay Z.

Lemonade também inclui uma mensagem que Beyoncé repassa e que recebeu de sua avó, mulher negra forte que lhe transmitiu uma receita simples. Beyoncé repete em uma parte do álbum:

“Pegue meio litro de água, acrescente 220 gramas de açúcar, o suco de oito limões e raspas de um limão. Passe a água para um recipiente e depois para outro, várias vezes. Coe por um pano de prato limpo”.

E continua:

“Avó. Alquimista. Você teceu ouro a partir desta vida dura. Criou beleza a partir das coisas deixadas para trás. Encontrou a cura onde ela não vivia. Descobriu o antídoto em sua própria cozinha. Quebrou o feitiço com suas próprias mãos. Você passou essas instruções à sua filha, que as transmitiu à filha dela.”

via GIPHY

Parabéns, Queen B.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Prepare o coração: Beyoncé libera trailer de novo projeto, 'Lemonade'

- Beyoncé pede que mulheres falem sobre sua saúde mental sem culpa

- De onde vem tanta coisa boa? As músicas por trás das músicas do novo disco da Beyoncé

Também no HuffPost Brasil:

Close
Beyoncé sem photoshop e sem maquiagem
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção