Huffpost Brazil

OAB-RJ pede cassação de Bolsonaro: 'Homenagear um torturador é vilipendiar a democracia'

Publicado: Atualizado:
BOLSONARO
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Imprimir

A Ordem dos Advogados do Brasil Seção Rio de Janeiro (OAB-RJ) protocolou na Câmara dos Deputados e na Procuradoria Geral da República (PGR) representações que pedem a cassação do mandato do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por apologia à tortura.

No domingo (17), Bolsonaro se declarou a favor do afastamento da presidente “em memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra”.

No documento encaminhado ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a OAB-RJ classificou a conduta como "abominável".

No texto, a seccional afirma que além de quebra de decoro parlamentar, a fala de Bolsonaro configura também ilícito penal, "uma vez que é apologia ao crime e a criminoso, no caso, um dos maiores torturadores já conhecidos do período militar, que foi declarado como tal pela Justiça brasileira”.

LEIA TAMBÉM

- Grupo interpreta Bolsonaro nazista em protesto em frente à casa de parlamentar


- FHC pede que PSDB repudie declarações de Bolsonaro sobre torturador

- 5 relatos que mostram por que é inadmissível homenagear a ditadura>