Huffpost Brazil

Comida Invisível: Projeto busca diminuir o desperdício de alimentos em SP

Publicado: Atualizado:
Imprimir

No mundo, mais de 1 bilhão de toneladas de comida vai para o lixo todos os anos.

O Brasil é considerado um dos dez países que mais desperdiçam alimentos e, praticamente, 30% de toda a produção é inutilizada — são, em média, 41 mil toneladas de comida jogadas fora por dia.

Ao mesmo tempo, 800 milhões de pessoas não têm nada para comer todos os dias ao redor do globo. E neste triste cenário, só São Paulo produz, todos os dias, mais de 56 mil toneladas de lixo.

Diante desse contexto, o projeto Comida Invisível tem buscado soluções para essa situação brutal. A ação social pretende recuperar e reciclar a comida que você não vê, aquele alimento próprio para consumo que é renegado ao lixo todos os dias.

Idealizado por Daniela Leite, Flávia Vendramin e Sergio Ignacio, o Comida Invisível trabalha em duas frentes principais: a primeira é a idealização de um projeto de lei que vai obrigar as empresas a doarem os alimentos que podem ter perdido valor comercial, mas que ainda são próprios para consumo.

A PL 581-2015 também proibirá que os alimentos sejam descartados em aterros. Hoje, o projeto que foi encaminhado ao vereador Ricardo Young, da REDE, está em tramitação e é disponibilizado na internet aos cidadãos que podem votar a favor ou contra à lei.

A outra ideia do trio de idealizadores é criar um food truck totalmente sustentável, com receitas que aproveitam o máximo dos alimentos.

"Mais do que alimentar, o Food Truck Comida Invisível pretende levar consciência, informação e resgate dos alimentos perdidos."

O cardápio oferecido por eles será composto de receitas que vão explorar o reaproveitamento integral dos alimentos. Para isso, os ingredientes utilizados na elaboração do menu serão originários da doação de comerciantes do CEAGESP e de supermercados parceiros do projeto.

O trio informa ainda que o lucro do Food Truck será reinvestido na ação social para que possam promover novas campanhas de conscientização sobre o desperdício de alimentos.

Para que o projeto se realize, contudo, os fundadores precisam de apoio. Eles idealizaram uma campanha de financiamento coletivo no Catarse. O vídeo abaixo explica como contribuir.

LEIA MAIS:

- A França é o 1º país a proibir supermercados de jogarem comida no lixo

- Da Escócia, ele alimenta 1 milhão de crianças pelo mundo

Também no HuffPost Brasil

Close
Selfies com lixo, um protesto na Tunísia
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção