Huffpost Brazil

Após exame DNA, Marcelo Falcão, da banda 'O Rappa', descobre que é pai de adolescente de 17 anos

Publicado: Atualizado:
MARCELO FALCO
Reprodução/Instagram
Imprimir

Marcelo Falcão, vocalista da banda O Rappa, fez uma revelação em seu Facebook nesta semana. O cantor descobriu que é pai de uma adolescente de 17 anos, após realizar um exame de DNA.

O cantor inicia o depoimento dizendo que resolveu abordar o assunto de cunho pessoal em seu perfil por respeito aos fãs e porque a notícia já vinha sendo divulgada de forma não oficial.

"Descobri ontem que sou pai de uma menina de 17 anos, que foi registrada por outro homem, que a trata como pai. Isso mesmo, 17 anos! Fui avisado que era pai num laudo técnico e não em uma maternidade, como costuma ser.”

No texto, ele revela que a garota é fruto de um relacionamento de apenas uma noite e que pretende, a partir de agora, pretende cumprir com suas obrigações jurídicas como pai.

Esta não é a primeira vez que o músico, de 42 anos, recebe notícia de uma paternidade. No depoimento, ele cita também outro caso de em que conviveu com uma criança por três anos. Ele descobriu que não era o pai do menino.

"Pouco tempo atrás, inclusive, sofri um bocado quando assumi a paternidade de uma criança com quem eu e a minha família nos envolvemos muito e, três anos depois, descobrimos que tínhamos sido enganados e que, infelizmente, ele não era meu filho.”

Ao final da publicação, o cantor pediu a compreensão de dos fãs e disse que não pretende tratar do assunto publicamente.

Leia o relato na íntegra:

Nos comentários, os fãs do cantor apoiaram sua atitude. Em uma das mensagens com mais curtidas, um fã compartilha sua história, marcada pela descoberta do pai biológico depois de 29 anos:

“Falcão, nunca é tarde para recuperar as raízes, my brother! Agora com 29 anos vim conhecer meu pai que, porra, é um cara muito foda! Eu moro no Ceará e ele no RJ. A semelhança física nem se compara com os gostos. Eu faço pesca submarina e meu pai que eu não conhecia era instrutor de mergulho. Cara é uma vibe muito boa quando você enche o coração de alguém de felicidade."

Outro lado

De acordo com o Ego, o processo de reconhecimento de paternidade foi realizado pela comerciante Thiene Silveira e tramita na justiça desde 2008.

Em uma entrevista de 2015, ela contou que conheceu Marcelo Falcão em 1998, quando ele fazia um show com sua banda em Salvador, na Bahia. Thiene trabalhou como produtora do evento e acompanhou o cantor na cidade.

A produtora disse que, em junho do ano passado, Falcão não compareceu à audiência para reconhecimento da paternidade sob a justificativa de que estava fora do país. Ele compareceu a uma nova audiência em junho deste ano.

Segundo apurou o site, a justiça determinou que o cantor terá que pagar, a partir de junho, uma pensão mensal de 12 salários mínimos até a próxima audiência, que ainda não tem data definida.

Quando o processo foi iniciado, o valor pedido por Thiene era de 23 salários mínimos. O cantor tentou um acordo, oferecendo uma pensão de três salários mínimos, mas ela não aceitou.

LEIA MAIS:

- Depressão pós-parto: Precisamos admitir que maternidade não é 'dom natural'

- Tenho saudade de ter mãe, tenho saudade de ser filha

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
Famosos que superaram vícios
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção