Huffpost Brazil

Balanças com slogan que incentivam usuário a 'sentir-se magro' causam enorme indignação no Reino Unido

Publicado: Atualizado:
BALANA
ThinkStock
Imprimir

Um conjunto de balanças da loja de varejo B&M, no Reino Unido, causou uma indignação em massa após uma mulher compartilhar a foto do seu slogan “pró-anorexia“.

O slogan das balanças diz “Nothing tastes as good as skinny feels” (ou “Nada é tão gostoso quanto sentir-se magra”, em tradução livre), e elas estão à venda por 3,99 libras nas lojas em todo o Reino Unido.

Depois que Rachel May Shevlin postou a foto do produto ao Facebook e descreveu a balança de banheiro como algo “horrível” e “desencadeador” para pessoas que sofrem com distúrbios alimentares, dezenas de pessoas ligaram para a loja para que eles parassem de vendê-las.

Um porta-voz da loja já respondeu à publicação dizendo que eles haviam pedido ao fornecedor que retirassem a “originalidade das balanças”.

B&M Stores Será que alguém quer se unir a mim e escrever para a b&m dizendo a eles *como é lindo ver a frase que eu dizia ao meu ser jovem/adolescente que também me levava a me chamar de 'gorda e um nojento desperdício de vida' frequentemente antes de me agredir apenas porque eu tinha acabado de jantar, está sendo vendido nas suas lojas, NAS DROGAS DE BALANÇAS, para que outras mentes jovens impressionáveis possam parar de sofrer o mesmo ódio contra si mesmas?

*horrível, desencadeador

Em 24 de março, Rachel May Shevlin compartilhou a fotografia das balanças no Facebook.

Ela chamou outras pessoas a se unirem a ela e escrevessem para a B&M reclamando sobre o produto, que diz destacar a frase que ela frequentemente dizia para seu eu mais jovem, na época, que lutava contra um distúrbio alimentar.

Shelvin disse que as balanças precisavam ser removidas das lojas para que “mentes jovens impressionáveis” possam se poupar do mesmo ódio contra si mesmo que uma vez nutriu.

Sua publicação foi compartilhada mais de 2.000 vezes e as pessoas rapidamente expressaram suas mensagens de indignação.

Janine Bailey escreveu: “Excelente ideia B&M, venda um conjunto de balanças com um slogan conhecido por ser pró-anorexia”.

E Phoebe Summers disse que ficou “escandalizada” ao ver que balanças estavam sendo vendidas.

“Sou do tipo de pessoa que se nega a ter balanças em casa, graças a sentimentos como esse que arruinaram minha vida por anos. Esta é provavelmente a pior coisa que eu poderia imaginar”, adicionou ela.

Em 29 de março, uma porta-voz da Loja B&M respondeu à publicação no Facebook.
Eles disseram: “Nós pedimos para o fornecedor retirar esta frase em particular de sua variedade de balanças originais de 3,99 libras”.

Uma porta-voz da instituição para pessoas com distúrbios alimentares, chamada Beat, disse que produtos “imprudentes” como esse podem contribuir e prolongar os distúrbios alimentares.

Eles disseram: “Os fabricantes e lojas de varejo deveriam considerar com mais cuidado as mensagens que transmitem ao produzir e armazenar tais produtos.

“Um marketing irresponsável como esse pode contribuir e prolongar um distúrbio alimentar que afeta 725,000 homens e mulheres de todas as idades e origens no Reino Unido, custando à economia 15,8 bilhões de libras todos os anos.

“Jovens que enfrentam dificuldades com distúrbios alimentares já lutam uma batalha bem difícil sem lojas de varejo imprudentes como essa, que fazem com que a luta fique ainda mais difícil”.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost UK e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Daiana Garbin: 'A minha vergonha não pode ser maior do que a minha coragem'

- Como ter barriga negativa? Ou seja: como ter anorexia nervosa

- Um ritual na frente do espelho

Também no HuffPost Brasil:

Close
Conheça nossas heroínas do corpo
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção