Huffpost Brazil

'Não sei as consequências. Por favor, tenham cautela', diz Dilma sobre anulação de votação do impeachment na Câmara

Publicado: Atualizado:
DILMA
EVARISTO SA via Getty Images
Imprimir

A presidente Dilma Rousseff pediu cautela após a decisão do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), de anular a votação do impeachment na Casa. "Não tenho essa informação oficial. Não sei as consequências. Por favor, tenham cautela", disse a presidente durante cerimônia em Brasília de anúncio da criação de cinco novas universidades federais.

"Temos uma disputa dura pela frente. Peço tranquilidade para lidar com isto. As coisas não se resolvem assim. Ainda temos muito a fazer", completou.

Em discurso seu discurso, Dilma voltou a afirmar que o processo de impedimento contra ela é "sem base, sem legalidade", e que se trata de golpe. "Acredito que temos que continuar percebendo o que está em curso. Temos que compreender a situação para poder lutar", afirmou.

Durante o evento, Dilma assinou o projeto de lei que cria mais cinco universidades federais: As de Catalão e de Jataí, em Goiás; a do Delta do Parnaíba, em Parnaíba, Piauí; a do Norte do Tocantins, em Araguaína, Tocantins; e a de Rondonópolis, em Mato Grosso. As novas universidades vão se juntar às 63 existentes.

Também no HuffPost Brasil

Close
Personagens do Impeachment
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção