Huffpost Brazil

Senhorinha de 100 anos quebra recorde mundial em prova de corrida e dá aula de vitalidade

Publicado: Atualizado:
IDA KEELING
USA Today Sports / Reuters
Imprimir

Ida Keeling tem 100 anos e quebrou um paradigma para sua idade: Fez o menor tempo do mundo na prova de 100 metros de corrida. A marca de 1:17 minutos é o novo recorde da categoria dos centenários, de acordo com o site Runners World.

A conquista de Ida levou a plateia de 34 mil pessoas à loucura na Filadélfia durante a competição, que ocorreu no dia 30 de abril. Os presentes vibraram intensamente com a senhora e, para comemorar o feito, ela fez algumas flexões - sempre sorrindo. Haja energia!

Em entrevista à revista de corrida, a vencedora afirmou estar muito orgulhosa de si.

"Foi maravilhoso. Estou muito feliz em oferecer a esta multidão um bom exemplo do que você pode fazer por si mesmo, e agradeço a Deus todos os dias por as minhas bênçãos."

Ida é de fato um ótimo exemplo para quem acredita nunca é tarde para começar algo novo.

Sua primeira corrida foi aos 67 anos e, depois disso, participou de várias provas em grupo. Para manter o preparo físico e a saúde, a senhora americana diz que se alimenta "de acordo com os valores nutricionais, e não com o gosto das comidas", segundo a Runners World.

"Estou feliz que ela foi capaz de ser uma inspiração e exemplo, não só para os jovens, mas para as pessoas de sua idade", contou sua filha, Shelley Keeling.

Ela não duvida que sua mãe quebre mais alguns recordes. Para ela, Ida deve deixar um pouco as pistas de corrida e apostar na musculação: "Eu aposto que ela vai ter uma nota alta. Ela é muito forte, e não há nenhum registro em qualquer um dos levantamentos de peso em sua idade."

Quanta vitalidade!

LEIA MAIS:

- Comida Invisível: projeto busca diminuir o desperdício de alimentos em SP

- Uma história de redenção: Homem preso injustamente e policial que falsificou denúncia agora são amigos

- Com apostilas achadas no lixo, Antônia deixou de ser doméstica e se tornou juíza

Também no HuffPost Brasil

Close
5 mulheres que enfrentaram o machismos nos esportes
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção