Huffpost Brazil

Reunimos 10 reportagens que mostram como é sofrer de depressão

Publicado: Atualizado:
TRISTEZA
“Eu queria desesperadamente colocar a culpa em algo por me sentir assim”. | iStock
Imprimir

Umas 350 milhões de pessoas sofrerão com depressão em algum momento de suas vidas, mas não a sentirão da mesma forma.

Nós juntamos 10 artigos do HuffPost que tocaram profundamente nossos leitores, desde posts pessoais em blogs até entrevistas de especialistas, para mostrar as diversas e profundas formas com que as pessoas lidam com a depressão.

1. Como é ter depressão para uma jovem de 24 anos

depressão jovem
“Eu queria desesperadamente colocar a culpa em algo por me sentir assim”.

Esse depoimento em um blog oferece uma perspectiva pessoal de alguém que tem depressão:

Me sinto deprimida. Começou há mais de um ano e meio. Percebi um certo dia, quando voltava para casa do trabalho, e eu não sentia quase nada. Eu não me animava mais com as coisas que aconteciam comigo.

Para mim era tudo “tanto faz”. Eu calculava como meu dia tinha sido na medida que pensava em quantos “tanto faz” eu usava em coisas que deveriam me deixar animada: duas semanas para a viagem da Nova Zelândia, “ah, tanto faz”. Meu pais terem adorado o labrador, “ah, tanto faz”.

Eu esperava e esperava uma hora em que fosse me sentir empolgada com alguma coisa, mas isso nunca aconteceu.

2. 6 coisas que você não deve dizer a alguém com depressão

Eis aqui o que você deveria evitar se você não quer piorar as coisas para alguém que está deprimido.

“Pense um pouco — existem outros que estão em uma situação bem pior do que a sua”.

Embora você esteja tentando colocar as coisas em perspectiva, essa mensagem pode não ser recebida dessa forma. “[A chave] é reconhecer o sofrimento ao contrário de rejeitá-lo”, disse o Dr. Adam Kaplin, professor associado no departamento de psiquiatria e neurologia na Universidade Johns Hopkins. “Nessa frase pode haver uma questão mais profunda que realmente não sabemos bem qual é, então estamos tentando fazer com que nós mesmos nos sintamos melhores ao tentarmos fazer que a pessoa que sofre sinta-se melhor”.

3. Como realmente é sentir ansiedade e depressão, em quadrinhos

O artista Nick Seluk descreve com perfeição e exatidão a depressão através de sua arte.

depressão e ansiedade

A ansiedade e a depressão são distúrbios mentais complexos que podem ser difíceis de descrever — mas esse quadrinho acerta em cheio.

Depois de ouvir a história pessoal de Sarah Flanigan, uma jovem que sofria com ansiedade e depressão, o artista Nick Seluk, do The Awkward Yeti, retratou a sua experiência por meio de uma ilustração. O quadrinho, publicado na série de Seluk chamada “Medical Tales Retold”, no site Tapastic, é uma representação acertada da incerteza e das emoções que são subprodutos das doenças mentais.

4. 9 coisas que somente as pessoas com depressão podem entender verdadeiramente

Para ajudá-lo a ter uma melhor noção do que essa condição faz exatamente com uma pessoa, há uma lista de coisas que as pessoas com depressão comumente vivenciam.

As pessoas constantemente confundem depressão com tristeza.

É um equívoco comum acreditar que a depressão seja apenas o resultado de estar extremamente triste. Mas David Kaplan, Ph.D., chefe executivo da Associação Americana de Aconselhamento,enfatiza que as duas situações não são a mesma coisa.

“As pessoas usam demais a palavra ‘deprê’”, disse Kaplan anteriormente ao HuffPost Healthy Living.

“A depressão é um termo clínico — e várias vezes quando as pessoas dizem que estão deprimidas, na verdade, elas estão tristes. As palavras que usamos são bem poderosas e é importante fazer a distinção.”

5. 23 fotos que ilustram perfeitamente o que é ter depressão

ter depressão
"Eu venho usando a fotografia como terapia, pois ela me ajuda a lidar com muitas das emoções que eu tinha dificuldade em entender no passado" - fotógrafo Christian Hopkins

Um fotógrafo criou uma bela série de fotos não só para lidar com seus pensamentos depressivos, mas também para mostrar como é a depressão para aqueles que não a entendem.

Às vezes uma imagem vale mais do que qualquer palavra.

Depois de um diagnóstico de depressão, aos 16 anos, o fotógrafo Christian Hopkins decidiu processar a experiência por trás de uma lente. O resultado é uma série surpreendente de fotos que capturam as nuances pouco compreendidas dessa doença mental. As imagens resumem como é ter depressão, que afeta 350 milhões de pessoas no mundo, na experiência cotidiana da artista.

6. 11 hábitos de pessoas com uma depressão escondida

“A depressão frequentemente não é vista, reconhecida ou é mal diagnosticada”, aponta a escritora Lexi Herrick. Você pode reconhecer em você mesmo ou alguém que ama quando ela descreve os hábitos de pessoas que escondem sua depressão.

Essas pessoas podem intencionalmente fazer um esforço para aparecer OK e talvez até parecer bem feliz e pra cima.

A ideia que todos aqueles com depressão têm uma característica semelhante de personalidade sombria é falsa. A depressão é mais do que apenas uma mudança de humor. Aqueles que vivem com depressão aprenderam a alterar suas aparentes mudanças de humor e podem inclusive parecer ser as pessoas “mais felizes” que você já conheceu. As personalidades podem variar.

Frequentemente aqueles com depressão tentam mostrar o lado positivo e o lado público de sua conduta independente do que estiver acontecendo dentro deles. Ninguém quer trazer os outros para baixo, mesmo que isso signifique esconder o que ele ou ela está realmente sentindo.

7. Encarando a depressão frente ao espelho

de frente
“A depressão te convence que você pode continuar fingindo o tempo todo, pelo resto da sua vida”, escreve Craig Tomashoff.

Esse post foi escrito por um homem que se abriu ao público sobre sua depressão após a morte do ator Robin Williams.

Robin Williams faleceu exatamente duas semanas após o dia em que fui diagnosticado com depressão crônica e me prescreveram antidepressivos para lidar com o problema.
Pronto. Falei. Eu percebi que certamente não sou a primeira pessoa, nem mesmo nesta tarde, a tornar públicos meus contra esta doença.

Entretanto, como aqueles que lidam com a depressão todos os dias sabem bem, parte do problema é a vergonha de ser assim. Minha depressão me deu um divórcio. Também garantiu que o meu filho me visse como um pessimista. Significa que eu passo muitas noites do fim de semana sozinho no meu sofá assistindo um filme onde a Meg Ryan e o Tom Hanks se curam de coisas que os deixam infelizes e encontrem o amor, porque eu tenho verdadeiro pavor que, ao me conectar com os outros, o meu interior bisonho seja revelado.

8. 9 causas sorrateiras da depressão

causas
“A depressão tem várias formas. Ela pode ser leve, e as pessoas continuam funcionando normalmente, ou então pode ser severa e debilitante”, disse Josie Znidarsic, médico de família do Instituto de Bem-estar da Clínica Cleveland.

Um fator de contribuição à depressão pode surpreendê-lo.

O uso excessivo das redes sociais

As redes sociais são apenas um olhar rápido na vida de alguém; não mostra com exatidão a realidade. Mas você pode usá-la para comparar sua vida com a dos outros. Esse processo subconsciente é chamado “comparação social” e pode causar a depressão, de acordo com o estudo publicado no Journal of Social and Clinical Psychology.

9. 5 sinais inesperados que indicam que você está deprimido

Várias coisas aparentemente não relacionadas podem estar sinalizando que você está com depressão.

Você é superinquieto.
O termo “deprimido” faz pensar em alguém que é lento. Sem muita energia. Dorme muito. Geralmente se sente “blah.” “Há na verdade dois tipos diferentes de depressão”, diz Julie Holland, MD, autora do livro Moody Bitches: The Truth About the Drugs You’re Taking, the Sleep You’re Missing, the Sex You’re Not Having, and What’s Really Making You Crazy.

Um segundo tipo, e menos comum, é aquele que se sente agitado e tenso. “Você não dorme bem, você anda de um lado para o outro, você é inquieto”. É por isso, disse Holland, que especialistas em depressão dizem aos seus pacientes para observarem mudanças no sono e padrão de energia, não só quando está se sentindo desanimado e sem vontade.

10. 5 sinais de que a depressão está afetando o seu relacionamento

relacionamento afetado
Este post lista cinco sinais de aviso que como a depressão afeta o seu relacionamento.

A depressão afeta os outros, especialmente aqueles mais próximos de você. Veja se existe qualquer uma dessas situações que se aplicam ao seu relacionamento.

Psicólogos e pesquisadores também apontam que o fator chave para construir um relacionamento amoroso pode fortalecer você e seu parceiro contra os efeitos debilitantes da depressão. Mas para saber contra o que você está lutando, você deve ser capaz de identificar quando e como a depressão está interferindo. E os sinais de aviso em um relacionamento nem sempre são tão claros e óbvios. Eis uma lista do que ficar de olho.

Fora dos Estados Unidos, visite a Associação Internacional para Prevenção ao Suicídio, com um banco de dados com recursos do mundo topo.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- ‘Mas você não parece estar deprimido': 22 relatos sobre o que não está visível na depressão

- O mundo perde US$1 trilhão por ano por deixar de tratar a depressão e ansiedade

- 13 coisas que homens com ansiedade e depressão querem que você saiba

Também no HuffPost Brasil:

Close
Ansiedade e depressão, em quadrinhos
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção