Huffpost Brazil

Teori nega recurso que anularia processo de impeachment de Dilma Rousseff

Publicado: Atualizado:
Imprimir

dilma rousseff

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, decidiu por dar prosseguimento ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

No mandado de segurança impetrada na terça pelo governo que pedia a anulação do processo, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, sustenta que o então presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) cometeu "desvio de finalidade" ao aceitar o pedido de abertura do impeachment em dezembro do ano passado.

Entre outros aspectos, Cardozo acusa o peemedebista de agir por "vingança", já que ele deflagrou o processo contra Dilma no mesmo dia em que o PT sinalizou que votaria pela cassação dele no conselho de Ética da Câmara.

O impeachment

Se a maioria dos senadores votar pelo afastamento de Dilma, o vice Michel Temer (PMDB) assume a Presidência da República até o julgamento ser concluído no Congresso.

LEIA TAMBÉM

- Relator do impeachment no Senado pede afastamento de Dilma Rousseff

- Em discurso, Dilma diz que vai resistir ao impeachment e anuncia reajuste de 9% no Bolsa Família

- Deputados pronunciaram FAMÍLIA mais de 150 vezes no plenário e PEDALADAS 18 vezes

Também no HuffPost Brasil

Close
Impeachment na Imprensa Internacional
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção