Huffpost Brazil

Impeachment de Dilma: Fogos, buzinaço e 'Tchau, Querida'. As reações ao afastamento da presidente

Publicado: Atualizado:
Imprimir

Um grupo comemorou com fogos de artifício em frente à Fiesp, na avenida Paulista, a aprovação do afastamento de Dilma Rousseff da Presidência da República por 180 dias pelo Senado na manhã desta quinta-feira.

Assim que o resultado foi divulgado, às 6h34, foi possível ouvir o barulho dos fogos. Os manifestantes passaram a noite na calçada, acompanhando os trabalhos dos parlamentares por meio de um telão instalado pela Fiesp.




Cerca de 30 pessoas ainda ocuparam duas faixas da direita da via com bandeiras do Brasil e apitos. A sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo foi palco de grandes manifestações a favor do impeachment de Dilma, inclusive como ponto de encontro.

Nos últimos meses, o prédio da Fiesp estampava os escritos "Renúncia Já", "Impeachment" e outras palavras contra o governo.

A principal campanha da Fiesp "Não vou pagar o pato - diga não ao aumento de impostos" tem como símbolo um pato amarelo inflável, presente nos atos pró-impeachment. Ele virou alvo de manifestantes pró-Dilma e foi cortado em diversas cidades, como na própria Avenida Paulista, onde um rapaz chegou a ser detido com uma faca, e em Brasília.


Minas Gerais

Motoristas fizeram um buzinaço, na manhã na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, assim que o Senado aprovou o afastamento da presidente Dilma Rousseff por 180 dias.


Prisões na noite anterior

A Polícia Militar afirmou que na noite de ontem foram detidas duas pessoas em meio aos manifestantes tanto a favor da retirada de Dilma quanto contra, na avenida Paulista. Os detidos foram levados para o 78º Distrito Policial.

Também no HuffPost Brasil

Close
Dia do Impeachment no Senado
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção