Huffpost Brazil

Michel Temer é alvo de ações da Prefeitura de SP por débitos no IPTU

Publicado: Atualizado:
Imprimir

michel temer

O presidente em exercício Michel Temer é alvo de duas execuções fiscais da Prefeitura de São Paulo por débitos referentes ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

O saldo devedor somando as duas ações movidas pela Vara das Execuções Fiscais Municipais da Prefeitura é de R$ 5.143,52, valor referente a uma casa da Rua Flavio Morais de Queiroz, no Pacaembu.

São dois processos distintos abertos em abril deste ano, sendo um no valor de R$ 1.808,03 e outro de R$ 3.335,49.

Nas duas ações, o advogado Miguel Carlos Fontoura da Silva Kozma, atual proprietário do imóvel e presidiu o Metrô, também é acionado pela Prefeitura.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a assessoria de imprensa de Temer confirmou a existência das ações, mas afirma que a casa foi vendida em 2002 e transferida para SIlva Kozma.

"A casa foi vendida em 2002 e transferida ao proprietário atual, que é o responsável, desde então, pelo recolhimento dos impostos. Michel Temer não tem mais nenhuma responsabilidade pelo IPTU do imóvel".

LEIA TAMBÉM:

- Logomarca do governo Temer foi escolhido por Michelzinho, de 7 anos, diz jornal

- Ministro da Justiça diz que nenhum direito é 'absoluto' e combaterá 'anarquia'

- Entrevista de Temer é acompanhada de panelaços em SP, Rio, Brasília e Porto Alegre

- 'Mulheres contra Temer': Manifestantes protestam contra Michel Temer na Av. Paulista

Também no HuffPost Brasil

Close
SP: Manifestação contra Michel Temer reúne milhares
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção