Huffpost Brazil

Ela mal nasceu e já quebrou um recorde: a primeira menina da família em 102 anos

Publicado: Atualizado:
BEBE
reproduçao/facebook
Imprimir

O nascimento de Aurelia Marie Ann, em 12 de abril, foi uma grande surpresa para a sua família. Ela poderia ser apenas mais um bebê fofo, mas o fato de ser menina fez toda diferença. Isso porque há 102 anos não nascia uma garotinha na família americana Underdahl, de Idaho. A pequena Aurelia chegou para modificar uma coincidência longeva dos parentes que por mais de um século apenas tinham filhos meninos.

A mãe da garota, Ashton Underdahl, considerou o nascimento da filha um "milagre".

"Ela é realmente especial, praticamente um milagre. Quando descobri que estava grávida eu presumi que seria outro menino, mas ao saber da notícia tive que fazer um ajuste mental."

Em entrevista ao jornal Today, Ashton disse que seu marido, Scott, ficou em choque com a notícia.

"Ele não acreditava. Ele me perguntava: 'Mas é sério? Você tem certeza que eles não erraram?' Até o dia em que eu fui para a sala de parto ele continuava duvidando de que seria mesmo uma menina.

O casal, que tem um filho mais velho de 2 anos, já sabia do histórico da família do Scott de ter meninos, mas só se deram conta disso quando descobriram que a ultima garota nasceu em 1914 - Bernice, tia-avó de Scott.

A família está animada com a bebezinha. "Será divertido. Ela vai trazer um pouco de delicadeza e rosa para nós!", disse a mãe.

LEIA MAIS:

- O Google quer que as mulheres sejam melhor representadas no mundo dos emojis

- Professora surpreende alunos com mensagens motivacionais em dia de importante prova

- Senhorinha de 100 anos quebra recorde mundial em prova de corrida e dá aula de vitalidade

Também no HuffPost Brasil

Close
Crianças com doenças raras
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção