Huffpost Brazil

Designer indiana cria xícara especial ao saber que o tio com Parkinson desistiu de tomar chá em público

Publicado: Atualizado:
Imprimir

Inspirada por um tio diagnosticado com o Mal de Parkinson, a designer de produtos indiana Mileha Soneji criou vários produtos simples para ajudar as pessoas com a doença.

Entre 7 e 10 milhões de pessoas no mundo todo sofrem atualmente do Mal de Parkinson — uma doença degenerativa que ataca o sistema nervoso e causa tremores, desequilíbrio e rigidez, entre outros sintomas.

Soneji, que nasceu na cidade de Pune, na Índia, viu como a saúde do tio — antes uma figura carinhosa, divertida e enérgica em sua vida — se deteriorou depois do diagnóstico.

“Ele costumava ser o centro das atenções em todas as reuniões de família e então começou a se esconder atrás dos outros”, Soneji disse ao HuffPost França. “Ele se escondia devido à pena que percebia no olhar das pessoas.”

Soneji passou um tempo entrevistando o tio e o observou para melhor avaliar as dificuldades enfrentadas por ele diariamente. Durante as conversas, o tio confessou que havia parado de tomar chá ou café em público por vergonha.

Tecnologia nem sempre é a solução.
Mileha Soneji‬‬

Foi quando a designer pensou em criar uma xícara que evita que o líquido derrame. Sua invenção é curvada para dentro na parte superior, de modo que o líquido seja desviado para o interior da xícara no caso de tremor. A alça também é maior do que o normal.

“A chave aqui é que não é rotulada como um produto para um paciente com Parkinson. Parece uma xícara que poderia ser usada por você, por mim, por qualquer pessoa desajeitada”, Soneji disse em uma palestra na plataforma TED, em fevereiro de 2015. “E isso a torna muito mais reconfortante para utilização, para que possam se adaptar.”

Soneji planeja que a xícara esteja disponível para venda no site No Spill em até sete meses. O preço, no entanto, pode ser salgado para os interessados na novidade: a xícara deve ser vendida por aproximadamente 150 euros (cerca de 600 reais).

xícara
Mileha Soneji projetou uma xícara para evitar que pessoas com mãos trêmulas derramem as bebidas.

Soneji acredita que a empatia e a imaginação são essenciais para um design bem-sucedido.

“Você tem de imaginar e criar objetos que atendam às necessidades das pessoas que estão doentes, que tenham deficiências”, disse ao HuffPost França.

Ao continuar observando o tio, Soneji identificou uma oportunidade para outra invenção que poderia melhorar a qualidade de vida de pacientes com Parkinson.

Ela notou que era mais fácil para ele subir ou descer a escada em casa do que caminhar em uma superfície plana.

“Então, essa pessoa que não conseguia andar em terreno plano, de repente, era um especialista em subir escadas”, disse Soneji durante a palestra TED. “Ao pesquisar sobre isso, percebi que é por causa do movimento contínuo. Por isso, a chave para mim foi traduzir essa sensação de andar em uma escada para o terreno plano.”

Ela explorou algumas ideias e, finalmente, projetou uma representação bidimensional simples de uma escada, que pode ser colada à superfície, para permitir que pessoas com Parkinson caminhem mais rápido e suavemente. Ela batizou a invenção de “escada da ilusão”.

“A tecnologia nem sempre é a solução”, disse Soneji ao HuffPost França, explicando que as melhores soluções, segundo sua experiência, têm sido as mais simples.

Soneji agora trabalha na Holanda e atualmente está escrevendo um artigo sobre a “escada da ilusão” com Bastiaan Bloem, neurologista e consultor do Centro Médico Nijmegen, da Universidade Radboud. Bloem se interessou pela ideia da escada de Soneji e planeja testá-la em mais pacientes. Embora seu tio seja o único paciente até agora que tenha testado e se beneficiado da “escada da ilusão”, Soneji espera que seus projetos melhorem a vida de muitas outras pessoas.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost FR e traduzido do francês.

LEIA MAIS:

- Este homem lavou, secou e dobrou mais de 2 toneladas de roupas de sem-teto em sua lavanderia

- Professora surpreende alunos com mensagens motivacionais em dia de importante prova

- Este garotinho deixou o cabelo crescer para doá-lo a crianças com câncer - e teve uma surpresa depois

Também no HuffPost Brasil:

Close
casamento
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção