Huffpost Brazil

Filhote de bisão é sacrificado em Parque Nacional dos EUA após ser 'salvo do frio' por turistas

Publicado: Atualizado:
BISO
Reprodução/Facebook/Karen Olsen Richardson
Imprimir

Ah, humanos...

Um filhote de bisão do Parque Nacional de Yellowstone, um dos mais visitados dos EUA, teve de ser sacrificado nesta semana.

O motivo? Dois turistas retiraram ele do local em uma caminhonete e o levaram ao escritório do parque, achando que o animal estava com frio.

De acordo com o jornal local East Idaho News, apesar da boa intenção dos turistas (um pai e seu filho), o filhote não corria perigo e teve de ser morto depois que foi levado de volta à manada e rejeitado por ela.

Em um comunicado à imprensa, o Serviço Nacional de Parques dos EUA explicou:

"A interferência pode causar que as mães rejeitem a sua prole. Neste caso, os funcionários do parque tentaram de maneira repetida reunir o filhote com a manada. Estes esforços fracassaram. O animal foi por fim sacrificado porque foi abandonado e causou uma situação perigosa, ao se aproximar continuamente dos visitantes e dos automóveis na estrada.”

A porta-voz do parque, Clarissa Reid, ressaltou: “O Yellowstone não é um zoológico. Administramos um ecossistema”. E lembrou que as normas indicam que é preciso se manter a uma distância de 20m dos bisões.

O parque reúne mais de 5 mil bisões. Na semana passada, após um decreto assinado pelo presidente Barack Obama, o animal recebeu o título de "mamífero nacional", tornando-se oficialmente um símbolo dos EUA, junto com a águia careca.

Os turistas foram multados em US$ 110.

LEIA MAIS:

- Caçador mata um dos maiores elefantes do Zimbábue

- China proíbe importação de marfim como troféu de caça

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
Animais filhotes são só amor!
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção