Huffpost Brazil

Avião da Egyptair que fazia viagem entre Paris e Cairo desaparece

Publicado: Atualizado:
Imprimir

egyptair

A Airbus e as autoridades aeronáuticas confirmaram na manhã desta quinta-feira a perda do voo MS-804 da companhia aérea Egyptair, que fazia a ligação entre Paris, na França, e Cairo, no Egito.

Um total de 66 pessoas, dos quais 56 passageiros, três seguranças e sete tripulantes, morreram na queda do aparelho no Mar Mediterrâneo, no início das águas territoriais egípcias. As circunstâncias da tragédia são desconhecidas, mas o governo francês não descarta ação terrorista.

Entre os passageiros do avião, havia 30 egípcios e 15 franceses, além de dois iraquianos, e um britânico, um belga, um português, um canadense, um argelino, um saudita, um sudanês, um chadiano e um kuwaitiano. Crianças e bebês de colo estão entre os passageiros.

O desaparecimento dos radares aconteceu às 2h29, horário de Paris - 21h29 de Brasília -, supostamente próximo à ilha grega de Karpathos, mas já em águas territoriais egípcias. O piloto, experiente, tinha mais de seis mil horas de voo.

egyptair

"A Airbus lamenta confirmar a perda do A320 da Egyptair, voo MS-804", diz a empresa, que não entra em detalhes sobre as possíveis causas da queda. Segundo a fabricante, o aparelho, registrado sob o número de série MSN 2088, foi entregue à Egyptair em novembro de 2003 - portanto não antigo demais - e era comandado por uma tripulação que tinha 48 mil horas de voo.

O avião, que não tinha apresentado nenhum problema mecânico, elétrico ou eletrônico e sua última manutenção, trafegava a 37 mil pés de altitude e não emitiu um alerta de "mayday" ou advertências automáticas antes de se chocar contra as águas do Mediterrâneo. Balizas de localização, entretanto, indicaram a localização de parte dos destroços.


Buscas

A Grécia montou uma operação de busca na área ao sul da ilha de Karpathos, mas ainda não obteve resultados, segundo o ministro Panos Kammenos.

"Às 3h39 da manhã o curso da aeronave era sul e sudeste de Kassos e Karpathos (ilhas)... imediatamente depois entrou no espaço aéreo do Cairo e fez guinadas e desceu como descrevo: 90 graus para a esquerda e 360 graus para a direita", disse o ministro em entrevista coletiva.

Além das autoridades egípcias, o governo grego enviou dois aviões e helicópteros de busca à região, segundo o comandante da aviação civil grega, Constantin Litzerakos.


Os registros oficiais

Os registros estão no horário local, seis horas à frente do horário de Brasília.

02:24 –
Voo 804 da EgyptAir de Paris para o Cairo entra no espaço aéreo grego, controle de tráfego aéreo concede permissão para o restante do trajeto.



 02:48 –
O voo é transferido para o setor de controle de tráfego aéreo seguinte e é liberado para sair do espaço aéreo grego. "O piloto estava de bom humor e agradeceu o controlador em grego".



03:27 –
O controle de tráfego aéreo de Atenas tenta fazer contato com a aeronave para fornecer informações sobre a troca de comunicações e controle de Atenas para o controle de tráfego aéreo do Cairo.

Apesar dos chamados repetidos, a aeronave não responde, momento em que o controlador de tráfego aéreo ativa a frequência de alerta, sem obter resposta da aeronave.


03:29 –
A aeronave está sobre o ponto de saída do espaço aéreo grego.


03:39:40 –
O sinal da aeronave é perdido aproximadamente sete milhas náuticas a sul/sudeste do ponto KUMBI, dentro da Região de Informação de Voo (FIR) do Cairo.  A assistência de radares da Força Aérea grega é solicitada imediatamente para detectar o alvo, sem resultado.

03:45 –
Os processos de busca e resgate são iniciados, e simultaneamente se informa a Região de Informação de Voo do Cairo.

Com informações Estadão Conteúdo e Reuters

Também no HuffPost Brasil

Close
Avião da Egyptair desaparece com 66 pessoas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção