Huffpost Brazil

Como Lupita Nyong'o se posicionou politicamente com um penteado no MET Gala

Publicado: Atualizado:
COQUE
zO visual da atriz no baile de gala do MET representou uma minirrevolução. | PASCAL LE SEGRETAIN VIA GETTY IMAGES
Imprimir

Existe uma arte para o clássico revide, mas Lupita Nyong’o aperfeiçoou essa arte no começo de maio, quando a revista Vogue publicou um artigo afirmando que seu coque de “parar o trânsito” em formato de torre, quando esteve no baile de gala do Metropolitan Musem of Art (MET), em Nova York, foi inspirado em Audrey Hebpurn.

Lupita rapidamente corrigiu a revista em sua página no Instagram, compartilhando um vídeo com uma mistura de suas reais inspirações, que incluíam Nina Simone e penteados tradicionais da África Ocidental e Oriental:

Hair Inspiration. Check. @vernonfrancois @voguemagazine #metball2016

Um vídeo publicado por Lupita Nyong'o (@lupitanyongo) em

Inspiração para o cabelo. Checada

A gafe da Vogue é apenas uma em uma longa lista de casos em que o mundo branco da moda e da beleza completamente desconsidera a cultura do cabelo negro para destacar, em vez disso, mulheres brancas. Houve também a polêmica da revista Allure no ano passado, ao apresentar um “tutorial afro”, sugerindo que os penteados das modelos de Marc Jacob em um desfile teriam sido criados pelo estilista, em vez de mencionar a verdadeira inspiração, que seriam os “bantu knots” (penteado afro de coquinhos).

E, claro, parece que as revistas de moda branca redescobrem as trancinhas a cada cinco anos. Essa falta de reconhecimento é o que torna a resposta de Lupita à Vogue tão necessária, tão importante.

lupita com coque
A atriz com um coque para o alto em Cannes.

cabelo preso
Lupita com o cabelo preso para trás na estreia de ‘Eclipsed’, da Broadway.

O cabelo afro não precisa ser sempre político, mas não há dúvidas de que a presença de Lupita em Hollywood desde o começo, com seu cabelo natural e pele escura, é um tipo de minirrevolução. Ter Tracee Ellis Ross e Solange Knowles em Hollywood é vital, mas o que Lupita oferece é algo diferente, algo emocionante.

Na primeira vez que Lupita apareceu em cena, houve uma preocupação devido à cor de sua pele, seus traços marcantes, o cabelo raspado, que ajudavam a destacar aquelas características. Era um visual clássico e elegante, um visual palpável para a branca paisagem de Hollywood, sem estrelinhas jovens de pele escura na lista VIP.

Mas, desde sua estrondosa estreia, Lupita — escolhida como a Mais Bonita em 2014 pela revista People — não tem se preocupado em ser palpável. Seu cabelo está em constante transformação. A qualquer momento, pode estar bem preso ou partido para um lado, ou puxado para cima em um coque bufante ou penteado lindamente com ondinhas. Está sempre glamoroso. Sempre chique. Sempre interessante.

Desafia tudo o que as mulheres negras, especialmente as com o cabelo crespo, aprenderam. Lições como: se você vai usar seu cabelo natural e não quer perder seus cachos, deixe-o “limpo” e simples. Não faça nada muito diferente. Não experimente cores, texturas ou comprimento.

Tente domar o encolhimento do cabelo. Faça tudo o que esteja ao seu alcance para que seus cachos se destaquem. Mas, também, não faça nada além.

Mas Lupita tem tudo a ver com ir além. Ela e seu cabeleireiro Vernon François nunca perdem a oportunidade de experimentar estilos que são diferentes ou exagerados.

Não existe a preocupação em ser educada ou “aceitável”, nenhuma preocupação em ser rotulada como desinteressante ou “despenteada”.

Quando Lupita usa seu cabelo em um coque bufante ou temporariamente o tinge de roxo e o parte de lado, ou o molda em várias formas geométricas, isto é afirmação.

Ela está prestando homenagem àquelas que vieram antes dela e abrindo novos caminhos para que as mulheres aceitem suas texturas naturais de cabelo. Obviamente, Lupita oferece muito mais do que seu cabelo — tem um talento incrível e é uma importante voz para as mulheres em todas as esferas da vida.

Mas o que ela oferece através de seu cabelo é simplesmente vital. Ela exemplifica não apenas a beleza, mas a simples possibilidade de existência do cabelo afro.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Adidas ARRASOU ao decidir escalar apenas modelos negros em nova campanha

- Lupita Nyong'o pode estar em 'Pantera Negra', novo filme da Marvel

- Modelo de 4 anos faz sucesso na web ao valorizar cabelo afro

Também no HuffPost Brasil:

Close
Famosas com cabelo afro
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção