Huffpost Brazil

Ana Maria Braga quebra silêncio da Globo e manifesta apoio a Ana Hickmann

Publicado: Atualizado:
ANA MARIA BRAGA
Reprodução/TV Globo
Imprimir

Ana Maria Braga abriu o Mais Você desta segunda (23) com uma mensagem de solidariedade a Ana Hickmann. A apresentadora da TV Record foi vítima de um ataque a mão armada no hotel em que estava hospedada, em Belo Horizonte, neste sábado (21).

"A gente às vezes acha que está feliz, mas as pessoas do mal que rodeiam a gente não conseguem... Com tanta violência, não é? Eu queria me solidarizar com a minha amiga Ana Hickmann, que nesse final de semana sofreu um atentado", disse.

"A gente na verdade ouve falar desse tipo de violência, não especificamente como o que aconteceu com ela, mas a violência por si só, em muitas partes do país... Hoje mesmo na manhã, a gente estava vendo um giro tanto no jornal local e como no 'Bom Dia Brasil', parece que a violência tem aumentado muito. A gente fica meio estarrecido o quanto a violência tem aumentado", continuou.

"Espero que a Ana e sua família fiquem bem e que possam se recuperar com sanidade de uma situação como essa, situação inimaginável", finalizou Ana Maria.

Silêncio

Apesar de o ataque ter acontecido no sábado, a primeira vez que a Globo tocou no assunto foi durante o Fantástico, na noite do domingo (22). O silêncio da TV Globo sobre o caso chamou atenção de tuiteiros.

O primeiro a comentar o silêncio foi Milton Neves, companheiro de emissora de Ana Hickmann.

Mensagens de apoio

Além de Ana Maria, a apresentadora Eliana, do SBT, também deixou a rivalidade de lado para prestar solidariedade a Ana Hickmann.

"Não tem nada mais importante para o artista que o amor dos fãs. Esse carinho que a gente recebe é o que nos incentiva a dar o nosso melhor para eles. Mas como explicar o que aconteceu ontem com a Ana?", disse Eliana na abertura de seu programa.

"A mesma mente humana capaz de nos surpreender e nos emocionar, é também nos choca com tamanha frieza e perversidade. Não devemos julgar, mas, com certeza, é difícil de compreendermos essas atitudes. É importante ressaltar neste momento que quem é fã de verdade não mata", discursou.

"Só posso desejar que toda a família fique em paz, e que o amor sempre vença, e nos proteja da ira e da maldade alheia", finalizou a apresentadora.

Entenda

Ana Hickmann foi vítima de um ataque a mão armada no quarto do hotel onde estava hospedada, em Belo Horizonte, para o lançamento de uma coleção de roupas.

Rodrigo Augusto de Pádua, 30, que se dizia fã de Ana Hickmann, entrou no quarto da apresentadora armado com um revólver calibre 38.

Ele manteve Ana Hickmann, seu cunhado, Gustavo Corrêa, e sua cunhada e assessora Giovana Oliveira sob a mira de sua arma, e mandou que os três virassem de costas.

Após dizer frases desconexas, o atirador disparou duas vezes contra Giovana. Gustavo, então, teria partido para cima de Rodrigo e ordenado que Ana e Giovana saíssem correndo do quarto.

Após alguns minutos de luta corporal, Gustavo desarmou o agressor e, segundo depoimento, deu dois tiros em sua cabeça. Rodrigo morreu no local.

Giovana está internada após um dos disparos ter atingido seu abdome, perfurado o intestino e uma artéria e se alojado no fêmur. Ela já foi submetida a uma cirurgia e não corre risco de morte.

LEIA MAIS

- Cunhado de Ana Hickmann revela detalhes sobre o atentado

- Ana Hickmann se emociona ao relembrar atentado

Também no HuffPost Brasil

Close
16 casais famosos para acreditar no amor
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção