Huffpost Brazil

'Sem meter advogado', Sarney diz a Machado que consegue ajudá-lo

Publicado: Atualizado:
SARNEY
Reprodução/Tumblr
Imprimir

O ex-presidente José Sarney prometeu ajuda ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, investigado na Operação Lava Jato, desde que ele não envolvesse o advogado no meio. A intenção era evitar que o caso fosse parar nas mãos do juiz Sérgio Moro.

O diálogo aparece em mais um dos áudios do ex-presidente da Transporto, publicados pela Folha de S.Paulo.

Na conversa, Sarney repete três vezes que é preciso agir sem interferência de advogado.

"Nós temos é que fazer o nosso negócio e ver como é que está o teu advogado, até onde eles falando com ele em delação premiada”, disse, segundo a Folha. “Mas temos que conseguir isso. Sem meter advogado no meio”, completou.

Segundo a reportagem, Machado concorda que “advogado não pode participar disso”. Embora a estratégia não fique clara, envolvia conversas com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e com o senador Romero Jucá (PMDB-RR) - exonerado do cargo de ministro do Planejamento, após o vazamento de áudio no qual sugere obstruir as investigações da operação.

Em nota, Sarney afirmou não ter conhecimento do teor das gravações.

"As conversas que tive com ele nos últimos tempos foram sempre marcadas, de minha parte, pelo sentimento de solidariedade, característica de minha personalidade. Nesse sentido, expressei sempre minha solidariedade na esperança de superar as acusações que enfrentava. Lamento que conversas privadas tornem-se públicas, pois podem ferir outras pessoas que nunca desejaríamos alcançar”, disse na nota.

LEIA TAMBÉM:

- Licença para Dilma seria 'saída suave' para crise, sugeriu Jucá

- 'Perto da gravação de Jucá, a minha é uma Disney', diz Delcídio

Mais no HuffPost Brasil:

Close
Os ministros de Temer
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção