Huffpost Brazil

Amber Heard alega violência doméstica e pede ordem de restrição contra Johnny Depp

Publicado: Atualizado:
AMBER HEARD JOHNNY DEPP
Amber Heard (à esq.) mostra hematoma no rosto; atriz alega que Johnny Depp a agrediu durante os 15 meses de casamento | Reprodução/Reuters/Montagem
Imprimir

A atriz Amber Heard, 30, conseguiu na Justiça de Los Angeles, nesta sexta-feira (27), uma ordem de restrição contra seu ex-marido, o também ator Johnny Depp, 52, alegando ser vítima de violência doméstica. As informações são do TMZ.

De acordo com o site, Heard foi ao Tribunal Superior de Los Angeles com sua advogada e munida de fotos em que ela mostra hematomas que, segundo a atriz, lhe foram infligidos durante os 15 meses em que ambos foram casados. O pedido de divórcio foi feito por ela na última segunda (23).

O TMZ teve acesso a uma dessas fotos e a publicou:

Segundo o site, a atriz alega que Depp lhe ofereceu dinheiro para ficar em silêncio. Entretanto, ela escolheu o divórcio.

amber heard
Heard deixando o Tribunal Superior de Los Angeles na tarde desta sexta (27)

Na quinta (26), Depp comentou o divórcio em declaração à US Weekly:

"Dada a brevidade desse casamento e a recente e trágica perda de sua mãe [no último dia 20], Johnny não responderá a nenhuma dessas histórias lascivas e falsas, fofocas, informações erradas e mentiras sobre sua vida pessoal. Com esperança, a dissolução desse curto casamento será resolvida rapidamente".

Ainda de acordo com o site, a ordem de restrição dada pelo juiz requer que Depp fique a 90 metros de distância de sua ex-esposa.

amber heard johnny depp
Heard e Depp no Palm Springs International Film Festival, em janeiro deste ano

LEIA MAIS:

- ‪#QueroUmDiaSemEstupro‬: Campanha expõe relatos de vítimas e cobrança por justiça

- Bill Cosby assume ter abusado sexualmente de duas mulheres, diz site

Também no HuffPost Brasil:

Close
#ElePodeNãoTeBater Mas... Violência Psicológica
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção