Huffpost Brazil

Até hoje, brasileiro trabalhou APENAS para pagar todos os impostos deste ano

Publicado: Atualizado:
HAPPY NEW YEAR
Samba Photo via Getty Images
Imprimir

Bem-vindo ao ano de 2016! Até esta quarta-feira, 1º de junho, todo o salário que o contribuinte brasileiro recebeu serviu apenas para pagar todos os impostos, encargos e taxas de sua cidade, estado e do Brasil.

De acordo com o estudo "Dias trabalhados para pagar tributos", divulgado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), o brasileiro precisou trabalhar 153 dias, ou cinco meses e um dia, somente para pagar os tributos em 2016, ano bissexto, com 366 dias no total.

Os brasileiros tiveram que destinar em média 41,80% do seu rendimento bruto em 2016 para pagar a tributação sobre os rendimentos, consumo, patrimônio e outros. Nos anos de 2014 e 2015 o índice permaneceu o mesmo, de 41,37%.

O estudo do IBPT considera a tributação incidente sobre rendimentos (Imposto de Renda Pessoa Física, contribuições previdenciárias e sindicais), a tributação sobre o consumo de produtos e serviços (como PIS, COFINS, ICMS, IPI, ISS, etc) e a tributação sobre o patrimônio (IPTU, IPVA).

As taxas de limpeza pública, coleta de lixo, emissão de documentos e contribuições, como no caso da iluminação pública também são consideradas.

De acordo com o presidente do Instituto, João Eloi Olenike, o País teve uma série de aumentos de tributos a partir do ano passado, em um movimento para aumentar a arrecadação do governo, num ambiente de crise e queda da contribuição.

“Apesar de contribuir cada vez mais com a crescente arrecadação tributária do País, o brasileiro continua não vendo investimentos em recursos fundamentais e de direito do cidadão como, educação, saúde e segurança."

Ranking

No ranking dos países pesquisados, o Brasil se aproxima da Noruega, onde os cidadãos destinam 157 dias de trabalho aos tributos. Eloi ressalta, porém, uma importante diferença entre os países:

“A população de lá tem um considerável retorno em termos de qualidade de vida, podendo usufruir dos serviços públicos, infelizmente diferente do povo brasileiro, que paga muito e não tem o retorno adequado”, destaca João Eloi.

Veja abaixo os 10 países onde seus cidadãos destinam mais dias trabalhados para pagar impostos:

1. Dinamarca (176 dias)
2. França (171 dias)
3. Suécia (163 dias)
4. Itália (163 dias)
5. Finlândia (161 dias)
6. Áustria (158 dias)
7. Noruega (157 dias)
8. Brasil (153 dias)
9. Hungria (142 dias)
10. Argentina (141 dias)

LEIA MAIS:

- Los Angeles considera criar imposto para milionários que será revertido em moradia para sem-teto

- Governo aumenta tributação do chocolate e do sorvete, além do cigarro

Também no HuffPost Brasil

Close
10 profissões que pagam mal nos EUA
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção