Huffpost Brazil

Estas são as caras da beleza feminina ao redor do mundo -- elas vão te impressionar

Publicado: Atualizado:
MULHER ORIENTAL
Mihaela Noroc
Imprimir

Começou, como essas coisas começam, quando Mihaela Noroc, de 30 anos, pediu demissão sem nenhuma razão aparente. Ela tinha economizado um pouco e decidiu que era hora de viajar, capturando suas aventuras através da câmera.

Mas ela não tirou fotos de si mesma de pé em um enorme penhasco, com um pau de selfie. Ela não tirou close-ups de fotos macro da flora ou um cenário de horizonte difuso. Em vez disso, ela tirou fotos de pessoas que ia conhecendo — mulheres, particularmente mulheres que chamavam sua atenção por considerá-las belas.

Seu objetivo em catalogar a beleza do assunto fotografado — de acordo com uma publicação em seu blog , The Atlas of Beauty ("o atlas da beleza", em português) — é “equilibrar toda a negatividade que vemos na mídia”.

“Cada dia, quando assistimos aos meios de comunicação vemos um Atlas de Guerras, Conflitos e Medo”, escreveu Noroc sobre seu projeto online. “As pessoas brigam apenas por serem diferentes, por causa da religião, cultura ou raça diferente”.

A concepção universal de beleza de Noroc é de um ser que representa seu meio com confiança, que posa tão naturalmente quanto possível. A maioria das mulheres que ela fotografa nunca tinham feito um retrato profissional, o que Noroc conta como um grande benefício; existem menos poses e o foco não é satisfazer uma grande audiência. Ao contrário, as mulheres nas fotos posam com orgulho, encarando a câmera de frente.

“Depois de fotografar mulheres em mais de 45 países posso afirmar que a beleza está em todas partes e a maquiagem, o dinheiro, a raça ou o status social não importam. Trata-se mais de ser quem você é”, escreve Noroc. “A moda global nos faz querer aparentar e comportar de uma mesma maneira, mas somos lindas porque somos diferentes”.

Ao olhar o Atlas of Beauty, você verá que a beleza se transforma, não é em um padrão universal, mas um complicado bordado.

As fotos e legendas abaixo são do blog de Noroc:

  • Mihaela Noroc

    Em Omo Valley, na Etiópia você tem a oportunidade de descobrir mais sobre as tribos que ainda vivem como há milhares de anos atrás.

    A nudez é algo normal e o véu somente protege esta jovem mulher do sol. Ela faz parte da Tribo Arbore. A rede móvel 4G já existe ali. Em breve todos terão smartphones.
  • Mihaela Noroc

    Antes de entrar na Coréia do Norte, pensei que com muita sorte poderia fazer um retrato ali. Acabei voltando com uma série de fotos e fiquei surpresa com aquela mulher, em como ela estava realmente aberta a ser fotografada.

    Eu a encontrei em uma das maiores avenidas de Pyongyang, a capital do país, em setembro de 2015.
  • Mihaela Noroc

    Facebook me convidou a fotografar seis mulheres impressionantes para o Dia Internacional da Mulher em 2016. Nas últimas três semanas viajei a seis países, capturando seis histórias incríveis.

    Nessa foto está Thorunn, da Islândia. Você pode visitar minha página do Facebook (The Atlas of Beauty) para ver todas as fotos e histórias.
  • Mihaela Noroc

    Antes de sua performance em uma apresentação tradicional, em Bishkek, no Quirguistão.
  • Mihaela Noroc

    A beleza não tem limite de idade. Este vendedor de Cuenca, no Equador, é a melhor prova. Eu tirei essa foto em 2014 durante minha primeira viagem pelo mundo.
  • Mihaela Noroc

    Mongólia, algumas semanas atrás.
  • Mihaela Noroc

    Wakhan Corridor, Afeganistão, em julho.
  • Mihaela Noroc

    Eu a conheci nas ruas de Dushanbe, Tajiquistão. Seu trabalho era plantar flores nas ruas de sua cidade. Até o salário a mínimo era melhor do que nada para sua pobre família.

    Depois de publicar essa foto na minha página do Facebook, sua história viralizou. Esta jovem moça se tornou sensação no seu país e os meios de comunicação do mundo todo destacaram sua história.

    Eu realmente espero que isso lhe dê uma oportunidade para uma vida melhor.
  • Mihaela Noroc

    Planalto Tibetano, na China
  • Mihaela Noroc

    No ano que vem ela vai fazer 100 anos. Imagina, um século de história vista através desses belos olhos.
  • Mihaela Noroc

    Alguns meses atrás na Havana, Cuba. Ultimamente “O Atlas da Beleza” está no Tajiquistão.
  • Mihaela Noroc

    Yangon, Myanmar, durante minha primeira viagem pelo mundo.
  • Mihaela Noroc

    Mulher síria em Istanbul, Turquia.
  • Mihaela Noroc

    Chile, na minha primeira jornada ao redor do mundo. Agora eu viajo pela China, com “O Atlas da Beleza”.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Villa Mix é palco de mais uma cena discriminatória e jovens iniciam boicote contra a casa noturna

- 'Tenho celulite e não tenho vergonha delas', escreve Preta Gil após ofensas na internet

- 11 mulheres de meia-idade mostram que 'tempo certo' para ser sexy não existe

Também no HuffPost Brasil:

Close
A real "Beleza Americana"
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção