Huffpost Brazil

As belas razões pelas quais estas mulheres amam de usar hijab

Publicado: Atualizado:
Imprimir

sumaiya bangee
A sous chef de confeitaria Sumaiya Bangee disse: “#HijabToMe quer dizer prender meu hijab debaixo da gola de meu avental de chef todos os dias e fazer o trabalho que é minha paixão”

Recentemente o New York Times publicou um “guia” de lenços de cabeça muçulmanos. O artigo quis lançar luz sobre um conceito islâmico que promove a modéstia, mas as imagens que acompanhavam o artigo mostraram estilos de lenço específicos de alguns poucos países, e todas as silhuetas eram sem rosto.

Esse tipo de retrato pode contribuir para a ideia equivocada que algumas pessoas têm de que as muçulmanas que usam o lenço na cabeça talvez não tenham autonomia e controle sobre sua própria vida.

No clima político de hoje, o lenço de cabeça tornou-se mais que um simples símbolo espiritual de modéstia. Em dado momento, as mulheres que trabalhavam em cargos do governo na Turquia foram proibidas de usar o lenço.

Na França, o niqab – uma versão do lenço que cobre o rosto – é proibido. No campo do contraterrorismo, alguns enxergam o lenço de cabeça como manifestação de extremismo. E, à medida que cresce o número de ataques islamófobos nos Estados Unidos, cresce o medo das mulheres muçulmanas, especialmente as que usam o hijab, de se tornarem vítimas de violência.

Diante disso, o Huffington Post convidou mulheres de toda parte na Internet a mostrar como o hijab pode ser belo e diverso, usando o hashtag #HijabToMe (“o que é hijab é para mim”). Ao mostrar as muitas maneiras distintas que as mulheres optam por amarrar o hijab e os significados diversos que ele assume para elas, esperamos oferecer aos leitores um vislumbre da diversidade das muçulmanas que usam o lenço.

As muçulmanas foram convidadas a postar uma foto delas e uma descrição resumida do que o uso do hijab significa para elas.

Veja as imagens e participe da conversa na seção de comentários, abaixo, usando o hashtag #HijabToMe.

#HijabToMe Sou a favor da escolha. Defendo o direito da mulher com ou sem véu à autonomia sobre seu corpo. E os homens precisam recuar.

I am posting to support @huffingtonpost 's #HijabtoMe on their great initiative to introduce diversity in hijab. Hijab to me reflects personal identity, and not where you stand in your religion. I am lover of bows and what they resemble so I infused it into my hijab and now my hijab style is reflecting one part of who I am. Hijab is never a sign of opression, ignorance or falling in the shadows of society. I am an engineer with a master's degree, a teacher at a university, a certified Yoga instructor, an occasional model and a Salsa dancer! Not one time, have I felt that my hijab is holding me back from something I would like to pursue. Freedom is all in the heart and mind and not in the body. We are not tied down by hijab, but by people's conception of how a hijabi should look and act like. I have travelled to most parts of the world and I have always been amazed by how beauty can be so diverse taking every shape and form. And muslim girls are no different. Every hijabi has a message to tell the world that she sends through the way she wears it. So let every girl write her message with her own unique brush! Photocredit: @juansanchezphotography #hijabtome #hijab #hijabi #turban #turbow #islam #freedom #headscarf #postagram #instaphoto #modeling #huffpostgram

Uma foto publicada por Sara Al-Sharif @Fyomka (@sara__alsharif) em

Escrevo para apoiar o #HijabtoMe do @huffingtonpost por sua iniciativa maravilhosa de apresentar a diversidade do hijab. Para mim o hijab reflete a identidade pessoal, e não onde você se posiciona em sua religião. Eu adoro laços e o que eles parecem, então incluí laços em meu hijab, e hoje meu estilo de usar o hijab reflete parte do que eu sou. O hijab nunca é sinal de opressão, ignorância ou ficar na sombra da sociedade. Sou engenheira com mestrado, professora numa universidade, instrutora certificada de ioga, modelo ocasional e dançarina de salsa. Nunca senti que meu hijab me impede de fazer alguma coisa que eu queira. A liberdade está toda no coração e na cabeça, não no corpo. Não somos constritas pelo hijab, mas pelo conceito das pessoas de como deve ser a aparência e o modo de agir de uma mulher que usa hijab. Já viajei para a maior parte do mundo e sempre fiquei espantada ao ver como a beleza pode ser tão diversa, assumindo todas as formas possíveis. E as meninas muçulmanas não são diferentes. Cada mulher de hijab tem um recado a passar para o mundo, que ela transmite pelo jeito que usa o hijab. Assim, vamos deixar que cada menina escreva sua mensagem com seu próprio pincel singular!

#hijabtome é ter a liberdade de viver e me expressar do meu jeito, ao mesmo tempo em que conservo minhas crenças e meus valores. O hijab também me permite combater os estereótipos negativos que estão presentes em toda parte na mídia neste ambiente de islamofobia. #hijabtome é também um sinal de força e obriga as pessoas a me enxergar como o que sou, e não segundo qualquer padrão irreal de beleza seja idolatrado no momento.

#hijabtome é minha identidade. O hijab diz “sou muçulmana com muito orgulho”, em voz alta, através de minha escolha de me vestir como se vestiam minhas antepassadas e de carregar isso comigo para todo lugar onde vou.

#HijabToMe is a physical manifestation of a promise I made with my Creator. Wearing hijab didn't happen overnight for me. Being a convert to Islam, it took me years to understand the depths of the hijab, a choice that reaches far past just wearing a scarf. Hijab is as much about the way that you carry yourself, the words you speak, and the way you treat others as it is about the modesty of our dress. The hijab is just a piece of cloth until we as Muslim women give it life through our intentions. After 3 years I prepare to enter my 4th Ramadan as a committed hijabi and I have never felt more confident, never held my head as high as I do now. It's not always easy being a hijabi, and a heavily tattooed one at that, but I wouldn't change it for the world. 🕋🕌 @huffingtonpost @huffpostrelig #3monthanniversary

Uma foto publicada por Kendyl Noor Aurora (@auroraisnthome) em

#HijabToMe é uma manifestação física de uma promessa que fiz a meu Criador. Usar o hijab não aconteceu comigo da noite para o dia. Por ter me convertido ao islamismo, levei anos para entender a profundidade do hijab, uma escolha que transcende de longe o simples uso de um lenço de cabeça. O hijab tem a ver igualmente com o jeito como você se comporta, as palavras que você fala e como você trata os outros, tanto quanto tem a ver com a modéstia no vestir. O hijab é simplesmente um pano, até que nós, mulheres muçulmanas, lhe infundimos vida com nossas intenções. Depois de três anos estou me preparando para iniciar meu quarto Ramadã como hijabi convicta e nunca me senti tão confiante, nunca andei de cabeça mais erguida que agora. Nem sempre é fácil ser hijabi, ainda mais uma hijabi cheia de tatuagens, mas eu não mudaria isso por nada no mundo. 🕋🕌 @huffingtonpost @huffpostrelig #3monthanniversary

Eu prendo meu hijab no meu uniforme médico para ele não se soltar quando corro no hospital. Eu o uso porque ele conta uma história de quem sou, de onde eu venho e no que eu acredito, antes de eu sequer falar. #HijabToMe

Amirah Couture Inc. along with other Hijab influencers around the world are collaborating with Huffpost to feature what hijab means to us! If you are tired of the one-dimensional way Hijab-clad women are being portrayed now is the time to share your voice! Help @huffingtonpost illustrate the diversity and vibrancy of Muslim Women who wear the Hijab. #Hijabtome is the freedom to choose my lifestyle in a world that's constantly trying to get you to be someone else. Wearing the Hijab at the age of 8 was a choice based out of love and beauty because I wanted to emulate my single mom who struggled to raise three girls alone. I developed my American Identity before I even understood the religious obligation that came with wearing the Hijab. Hijab to me is beauty, sincerity, struggle,identity, strength, challenge, meaning, purpose, and most importantly my choice! 📷: @jayucanada

Uma foto publicada por Amirah Couture Inc. OFFICIAL. (@amirahcouture) em

A Amirah Couture Inc. e outros influenciadores do hijab pelo mundo afora estão colaborando com o HuffPost para destacar o que o hijab significa para nós. Se você se cansou do jeito unidimensional em que as mulheres de hijab estão sendo retratadas, agora é a hora de compartilhar sua voz! Ajude o @huffingtonpost a ilustrar a diversidade e o dinamismo das mulheres muçulmanas que usam o hijab. Para mim, o hijab é a liberdade de escolher meu estilo de vida em um mundo que vive tentando fazer você ser outra pessoa. Usar o hijab aos 8 anos de idade foi uma escolha baseada no amor e na beleza, porque eu queria emular minha mãe solteira, que lutou para criar três filhas sozinha. Desenvolvi minha identidade americana antes de compreender a obrigação religiosa que acompanhava o uso do hijab. Para mim o hijab é beleza, sinceridade, força, desafio, sentido, objetivo e, o mais importante de tudo, é a minha escolha! 📷: @jayucanada

Vivo numa sociedade em que os padrões de beleza são irrealistas. #hijabtome me fez perceber que muitas das ideologias estereotipadas e sexistas que são o flagelo das sociedades de hoje vêm do fato de as mulheres serem avaliadas com base em sua aparência física. Para mim o hijab é a liberdade de reescrever meu caminho, o caminho em que as pessoas que encontro não têm outra escolha senão me conhecer como a mulher altamente inteligente, autoconfiante e divertida que sou.

I am so tired of the monolithic representation of Muslim womyn; these exhausted tropes do nothing to enrich our communities. I often find myself apologizing for not behaving as I am expected to in the spaces I occupy and that is no longer ok. It's so exciting to see @huffingtonpost begin the #hijabtome campaign with the purpose of "illustrating the diversity and vibrancy of Muslim women who wear [the hijab]." ... #Hijabtome means that I have the choice and the freedom to express myself fully, whether I'm dancing it out to Beyonce or being a life long learner and advocate for the populations I seek to serve through medicine. I started wearing hijab as a a sophomore in college primarily because I'm a wear-my-heart-on-my-sleeve kind of person. I have always wanted and still want people to visibly see what I'm all about and for me, hijab was one of the ways to accomplish that. It's definitely not easy to wear it daily; regardless of the setting I'm in, there will always be numerous judgements I need to contend with. Hijab is one way to "twirl on them haters." (Beyonce reference for you all haha) Each womyn who wears the hijab has her own style. I don't have a particular style but it is important for me to wear my hijab in a way that makes me feel comfortable and able to express myself while getting work done. PC: @ahealersheart #hijab #turban #muslim #muslimwomen #huffpost #advocacy #medicine #healthcare #beyonce #formation #beyhive

Uma foto publicada por Sara, MPH (@saramomo6) em

Estou farta da representação monolítica das mulheres muçulmanas; esses tropos gastos não ajudam em nada a enriquecer nossas comunidades. Muitas vezes me vejo pedindo desculpas por não estar me comportando como esperam que eu me comporte nos espaços que ocupo, e isso não é mais legal. É tão instigante ver o @huffingtonpost lançar a campanha #hijabtome com a finalidade de “ilustrar a diversidade e o dinamismo das muçulmanas que usam o hijab”. Para mim o hijab significa que tenho a escolha e a liberdade de me expressar plenamente, quer eu esteja dançando ao som de Beyoncé, sendo uma pessoa que estuda a vida inteira ou defensora das populações que procuro atender através da medicina. Comecei a usar hijab no segundo ano da faculdade, principalmente porque sou uma pessoa do tipo que gosta de mostrar a todos o que está sentindo. Eu sempre quis e ainda quero que as pessoas enxerguem visivelmente o que eu sou, e, para mim, o hijab foi uma das maneiras de conseguir isso. Não é fácil usar o hijab todo dia; independentemente de onde eu esteja, sempre haverá muitos julgamentos que terei que enfrentar. O hijab é uma maneira de “dar a resposta às pessoas que nos olham com ódio” (uma referência a Beyonce, hahaha). Cada mulher que usa o hijab tem seu estilo próprio. Eu não tenho um estilo especial, mas é importante para mim usar meu hijab de um jeito que me deixa à vontade e capaz de me expressar, ao mesmo tempo em que trabalho. PC: @ahealersheart #hijab #turban #muslim #muslimwomen #huffpost#advocacy #medicine #healthcare #beyonce #formation #beyhive

#HijabToMe O hijab me lembra que a modéstia não limita minhas aspirações, é a ignorância que faz isso.

Hijab to me is about being comfortable in my own skin and having the confidence to tell people why I choose to dress the way I do. I wore my hijab turban style to work for the first time this week. The kinds of questions it brought on were so eye-opening. People saw something different. My coworkers genuinely wanted to know more about the hijab and why I choose to wear it, when I could and couldn't wear it, and why people wear it differently. It was so refreshing to have respectful conversations with them especially with how Islam has been grossly distorted by the media. I can only hope my love of fashion and love of my faith and choice to wear hijab paves the way for more positive dialogue in the future. #HijabToMe #FiveFeetChic

Uma foto publicada por R E H A M (@rehamkhan) em

Para mim, usar o hijab é uma questão de me sentir bem na minha própria pele e de dizer às pessoas por que opto por me vestir do jeito que me visto. Esta semana usei meu hijab em estilo turbante pela primeira vez no trabalho. O tipo de perguntas que isso provocou foi tão revelador. As pessoas enxergaram alguma coisa diferente. Meus colegas de trabalho queriam sinceramente saber mais sobre o hijab e a razão porque opto por usá-lo, quando posso ou não usá-lo e por que as pessoas o usam de jeitos diferentes.

Foi tão instigante ter uma troca de ideias respeitosa com elas, especialmente considerando como o islã é grosseiramente distorcido pela mídia. Só posso torcer para que meu amor pela moda, meu amor por minha religião e minha opção por usar o hijab abram o caminho para um diálogo mais positivo no futuro. #HijabToMe #FiveFeetChic

#HijabToMe O hijab significa para mim a confiança em minha identidade e minhas raízes, especialmente por eu ser uma canadense filha de somalis. Para mim, meu hijab sempre vem junto com fones de ouvido, esperança e olhos alegres. O hijab não é algo que obstrui a beleza, mas uma maneira de canalizar a beleza. @huffingtonpost

#HijabToMe by photography intern Sara Mudallal- "When starting to wear hijab you have to be content and confident about yourself before you step forward. Although it took me a while, I realized the only obstacle was myself, and when I overcame the thoughts of what other people might think, I understood that the only reason why I'm doing this is for God and nothing else matters. I am an athlete and recently, I became a Black belt in karate and started another sport called parkour. Some people tell me that the main reason they don't play sports is because they wear hijab. From my experience, people will respect you no matter what you wear and will actually appreciate that you're doing what you love as a hijabi. Find your motivation and inspire others". Let us know what hijab means to you and get a chance to be reposted by us and featured by The Huffington Post! Refer to our last post for details

Uma foto publicada por Austere Attire (@austereattire) em

#HijabToMe da estagiária de fotografia Sara Mudallal- “Quando você começa a usar hijab, precisa estar contente e autoconfiante antes de avançar. Levou algum tempo, mas acabei percebendo que o único obstáculo era eu mesma, e, quando superei a preocupação com o que outras pessoas poderiam pensar, compreendi que a única razão por que estou fazendo isto é para Deus e que nada mais importa. Sou atleta e recentemente virei faixa preta de karatê e comecei a praticar outro esporte chamado parkour. Algumas pessoas me dizem que a principal razão por que não praticam esporte é que usam o hijab. Minha experiência me mostrou que as pessoas vão respeitá-la, não importa o que você vista, e que vão realmente apreciar o fato de você estar fazendo o que gosta, sendo hijabi. Encontre sua motivação e inspire outras pessoas.” Conte para nós o que hijab significa para você e tenha a chance de ter seu post republicado por nós e destacado pelo Huffington Post! Procure os detalhes em nosso último post.

#HijabToMe O hijab me lembra diariamente quem eu aspiro ser. Ele me conserva sob controle moral e mental. Me incentiva a mostrar meu lado melhor. Gosto do fato de que o hijab deixa claro que sou muçulmana, porque, se eu não o estivesse usando, seria difícil saber. É uma oportunidade para mim de me posicionar em oposição ao regime de poder que há tanto tempo representa equivocadamente e negocia a identidade da mulher muçulmana. Sobretudo, o hijab me ajuda a superar minhas dificuldades e deixa que aquilo que é realmente importante brilhe e seja visto. O que o #Hijab significa para você?? @huffpostrelig @HuffingtonPost #islam #women #muslimwomen #modesty#muslimah #huffingtonpost #hijabi #hijabers

#HijabToMe by Marwa Balkar "Hijab as a verb is the action of modesty in all aspects of my being. My style, my behavior, and the internal and external reflection of myself. It is viewed as oppressive, but there is nothing more liberating than hijab. It is a signature of self respect. It speaks to the people around me that you have no choice but to learn to appreciate WHO I am as a person, to learn my characteristics, morals, and values." @huffingtonpost The scarf featured here is a chiffon version of our Grid scarf available exclusively at our upcoming Pop-Up Shop 😉 Let us know what hijab means to you and get a chance to be reposted by us and featured by The Huffington Post! Refer to our last post for details

Uma foto publicada por Austere Attire (@austereattire) em

#HijabToMe de Marwa Balkar "O hijab como verbo é a ação da modéstia em todos os aspectos de meu ser. Meu estilo, meu comportamento e meu reflexo interno e externo. O hijab é visto como opressor, mas não existe nada mais libertador que ele. É uma assinatura de respeito próprio. Ele transmite às pessoas ao meu redor que elas não têm outra escolha senão aprender a apreciar QUEM eu sou como pessoa, a aprender minhas características, minha moral e meus valores.”@huffingtonpost O lenço mostrado aqui é uma versão em chiffon de nosso lenço Grid, que estará disponível exclusivamente em nossa próxima loja pop-up.

yasmin elhady

" Advogada Yasmin Elhady: “#HijabToMe O hijab é minha escolha de proteger o direito de todas as mulheres a escolher como apresentar-se.”

#HijabToMe I started wearing the hijab when I was in 6th grade. My friends and I thought it would be cool to be different than the other 6th graders. At that time it was not a reglious choice but more of a fashion choice, after all we were 6th graders we didn't know the depth of the hijab. But as I grew older the deeper the meaning of the hijab became. It is more than a cloth, it is my very being. Not only do I carry my own identity on top of my shoulders but also my reglion's identity. My hijab is a constant reminder to think twice of my actions. For example, when I'm driving and a very kind human cuts me off without putting their blinker on, almost causing an accident , I can't simply just try to speed pass them and flip the finger. They won't see a very upset woman , instead they might think "well look at this crazy muslim giving me the finger". The hijab is a constant reminder to stay cool and collective and do things that will please God. My hijab and my smile are open an invation to Islam . An invitation to look pass what you think you know of my reglion and to see the true purpose of it -which is to be a good person and to spread peace in the world. @huffingtonpost @huffpostrelig

Uma foto publicada por Hoda J (@hoodiejaludi) em

#HijabToMe Comecei a usar o hijab na sexta série. Minhas amigas e eu achamos que seria bacana ser diferentes das outras garotas da sexta série. Naquela época não foi uma escolha religiosa, mas mais uma escolha de moda. Afinal éramos garotas da sexta série e não entendíamos a profundidade do hijab. Mas quando fiquei mais velha o significado do hijab foi se aprofundando. É mais que um pano, é meu próprio ser. Não apenas eu carrego minha própria identidade sobre meus ombros, mas também a identidade de minha religião. Meu hijab me lembra constantemente que preciso pensar duas vezes sobre meus atos. Por exemplo, se estou dirigindo e um ser humano muito gentil me dá uma cortada sem ligar o pisca-pisca, quase provocando um acidente. Não posso simplesmente acelerar para ultrapassar a pessoa e lhe fazer o gesto do dedo do meio em riste. A pessoa não vai ver uma mulher indignada – ela pode muito bem pensar “veja só esta muçulmana maluca me fazendo um gesto obsceno”. O hijab é algo que me lembra constantemente de me conservar calma, controlada e fazer coisas que vão agradar a Deus. Meu hijab e meu sorriso são um convite ao islã. Um convite para você olhar mais além do que você pensa que sabe sobre minha religião e enxergar a verdadeira finalidade dela, que é ser uma boa pessoa e disseminar a paz no mundo. @huffingtonpost @huffpostrelig

#HijabToMe • i have been observing hijab since I was 17 years old in 2002. a time before blogs and hashtags and tutorials, when the Internet was still a mostly pure place and a woman would have to buy scarves at the Arabic store (s/o to the one piece sock hijab from Islamic fashion center in Paterson, NJ!). I just turned 30 and in this blink of an eye, hijab has offered me an immeasurable amount of insight about myself and others. Hijab has taught me discipline and self-control in both curbing my vanity (nafs) and keeping me grounded in reality during the most formidable years of my life. I have learned to become my own individual, comfortable in my skin, rather than attach myself to the never ending cycle of fashion and beauty trends. It has asked me time and again to step up to the plate & show people I meet who I am on the inside and what I can offer. Hijab has also acted as a filter for people who can accept that I wear one and still treat me with the respect any human being deserves. Hijab has been by my side for years, and consistantly rates as one of the best choices I have ever made. I truly believe that it has helped me grow into a stronger person socially, emotionally, spiritually & intellectually than if I had not worn it when I did. Hijab has been my protest against those who try to push their values & agendas on to me and other Muslim women, and simultaneously an act of worship to my Creator. I rage against the machine every morning by wearing my hijab before leaving the house. No matter what a woman's relationship with hijab might be, there is no denying the beauty of taking the narrative about it back from men and the media. Peace to the peaceful ✌🏼️• #coveredhairdontcare #hijabswag #turbanstyle #hijab #hijabi #circassian #huffpostreligion @huffingtonpost

Uma foto publicada por nour sagha 🌚 (@nurtorious) em

#HijabToMe • Eu observo o hijab desde que tinha 17 anos, em 2002. Era um tempo anterior aos blogs, hashtags e tutoriais, quando a Internet ainda era na maior parte um lugar puro e as mulheres tinham que comprar lenços na loja árabe (algo diferente do hijab tipo meia do centro de moda islâmica de Paterson, Nova Jersey!). Acabo de completar 30 anos e neste piscar de olhos o hijab me ofereceu insights imensuráveis sobre mim mesma e sobre os outros. O hijab me ensinou disciplina e autocontrole, tanto em refrear minha vaidade quanto para me manter com o pé no chão, em contato com a realidade durante os anos mais temíveis de minha vida. Aprendi a ser eu mesma, uma pessoa que está à vontade em sua própria pele, e não me ligar ao ciclo interminável das tendências de moda e beleza. O hijab me pediu inúmeras vezes para eu me superar e mostrar às pessoas que conheço quem eu sou por dentro e o que tenho para oferecer. O hijab também funcionou como filtro das pessoas que podem aceitar que eu use o hijab e ainda assim me tratam com o respeito que qualquer ser humano merece. O hijab está do meu lado há anos e sempre figura como uma das melhores escolhas que fiz na vida. Acredito realmente que ele me ajudou a me tornar uma pessoa mais forte, social, emocional, espiritual e intelectualmente, do que eu teria sido se não tivesse começado a usá-lo quando comecei. O hijab tem sido meu protesto contra aqueles que procuram impor seus valores e pautas a mim e a outras muçulmanas, e, ao mesmo tempo, tem sido um ato de adoração de meu Criador. Eu protesto contra os estereótipos todas as manhãs ao vestir meu hijab antes de sair de casa. Não importa qual seja a relação de uma mulher com o hijab, não há como negar a beleza de recuperarmos a narrativa das mãos dos homens e da mídia. Paz aos pacíficos. ✌🏼️• #coveredhairdontcare #hijabswag #turbanstyle #hijab #hijabi #circassian#huffpostreligion @huffingtonpost

Meu hijab é meu maior ato de rebelião e libertação. Ele serve para lembrar à sociedade que ela não é minha dona. Serve para lembrar a mim mesma que a vida e a beleza são temporárias. É um símbolo da grandeza e vastidão da espiritualidade, e seu significado evolui constantemente. Pergunte-me o ano que vem o que ele significa e eu com certeza lhe darei uma resposta diferente. #hijabtome @huffingtonpost

#HijabtoMe @huffingtonpost O hijab tem um significado muito maior que o simples aspecto físico de eu me cobrir. Em vez disso, o hijab é um meio de empoderamento e força. Como muçulmana americana, o hijab me motiva a fazer um esforço constante para me aprimorar e para trabalhar para beneficiar o mundo que me cerca..

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Afeganistão terá véu especial para muçulmanas jogarem futebol de igual para igual com outras mulheres

- Conheça a garota que sonha em ser a primeira bailarina profissional muçulmana a usar o hijab

- Equipe feminina de basquete do Catar desiste de jogo por proibição de uso de véu

Também no HuffPost Brasil:

Close
Dolce & Gabbana Hijabs And Abaya
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção