Huffpost Brazil

Câmara paga até pipoca e refrigerante em cinema de ministro

Publicado: Atualizado:
OSMAR TERRA
Montagem/Reprodução/Câmara
Imprimir

A Câmara dos Deputados ressarciu a compra de um combro de pipoca grande e dois copos de refrigerante de 700 ml do ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra (PMDB-RS). De acordo com o jornal Destak, a compra foi feita no dia 27 de setembro do ano passado, ao custo de R$ 26, no cinema Kinoplex, em Brasília.

O ministro, que é deputado, tem o hábito de apresentar notas de baixo valor com alimentação à Cota para Exercício da Atividade Parlamentar, da Câmara dos Deputados. Segundo a Folha, em abril, ele pediu o reembolso de R$ 7,80 no supermercado Coppeti, em Santa Maria (RS). Pediu ainda R$ 12,50 de uma compra no MC Donalds.

De 2015 até assumir o ministério, Terra pediu ressarcimento de R$ 6,5 mil de gastos com alimentação. Há despesas com rodízios em galeterias e churrascarias, além de um mojito. A Câmara proíbe ressarcimento de gastos com bebida alcóolica, mas não fica claro se a bebida continha ou não álcool.

Segundo a assessoria do MDS, a nota do combo "foi entregue por engano junto com outros recibos de alimentação que periodicamente apresentava para ressarcimento, todos dentro das regras legais. Esse é um caso isolado”.

Cartão corporativo

Em 2008, o então ministro do Esporte, Orlando Silva deixou o comando da pasta após ser flagrado usando o cartão corporativo do governo para comprar uma tapioca de R$ 8,30. Silva nega participação no caso.

LEIA TAMBÉM:

- NYT: Com imunidade parlamentar, Brasil tem medalha de ouro na corrupção

- Dilma vai ter que reduzir uso de avião da FAB, diz Casa Civil

- Renan critica redução do prazo da defesa de Dilma e se diz preocupado

Mais no HuffPost Brasil:

Close
Os ministros de Temer
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção