Huffpost Brazil

Síria elege primeira mulher para liderar o parlamento de um país árabe

Publicado: Atualizado:
ELECTIONS SYRIA
Omar Sanadiki / Reuters
Imprimir

Hadia Half Abas foi eleita presidente do Conselho Popular da Síria (Parlamento) se tornando a primeira mulher na história a ocupar esse cargo em um país árabe.

Abas, 58, é PhD em Engenharia Agrícola e, além de trabalhar como professora universitária, já atuou como membro do parlamento entre 2003 e 2007. De acordo com a agência de notícias russa RT, ela também atuou em órgãos governamentais entre 1988 e 1998. Ela representa a província de Deir ez-Zor, que está sob disputa das forças do governo Bashar Al Assad e do grupo terrorista Estado Islâmico.

Em abril na Síria foram realizadas eleições parlamentares em que participaram 3.500 candidatos disputando 250 assentos. O país está, desde 2011, imerso em uma guerra civil que já matou 470 mil pessoas e provocou o deslocamento forçado de mais de 12 milhões.

Desde o início do conflito, a Síria já viveu duas eleições parlamentares. Nas eleições de abril deste ano, 12 de 14 estados sírios receberam urnas. Ficaram de fora Raqqa e Idlib, dominados por grupos terroristas.

As mulheres da Síria receberam permissão constitucional para votar e participar nas eleições em 1953. No período de 1973 a 1977, apenas cinco mulheres ocuparam assentos parlamentares.

Entre 2012 e 2016 este número cresceu e agora são 31 mulheres dos 250 membros do parlamento.

Também no HuffPost Brasil

Close
14 famosas que defendem que elas ganhem o mesmo que eles
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção