Huffpost Brazil

Renan nega acordão no Senado para que ele e Jucá sejam salvos da prisão

Publicado: Atualizado:
RENAN CALHEIROS
Renan Calheiros nega acordão para ser salvo da cadeia | EVARISTO SA via Getty Images
Imprimir

Alvo de pedido de prisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por tentativa de frear a Operação Lava Jato, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) negou que haja um acordão na Casa para salvá-lo, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) acolha o pedido de Janot.

"Isso não existe e não existirá porque o Senado pratica e sempre praticará a separação dos Poderes. Não sabemos o conteúdo das delações, imagina fazer acordo? Quem está dizendo está querendo embaçar as coisas", afirmou o senador.

Quando o Supremo determina a prisão de um parlamentar, ela precisa ser confirmada pelas pelo Senado, no caso dos senadores, e pela Câmara, no caso dos deputados.

Segundo reportagem do jornal o Estado de São Paulo, senadores articulam um acordão para salvar Renan e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), também alvo do pedido de prisão de Janot.

Os pedidos do procurador-geral foram feitos com base nas gravações do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, parte de delação premiada. Machado disse ter pago R$ 70 milhões em propina de contratos da Transpetro para Renan, Jucá e para o ex-presidente José Sarney.

Nas conversas, Renan disse apoiar mudança na lei que trata da delação premiada de forma a impedir que um preso se torne delator. Já Jucá, afirmou ser preciso uma mudança política para "estancar essa sangria", em referência às investigações de desvios de recursos da Petrobras.

Segundo o Estadão, líderes tanto da base quanto da oposição afirmaram que o conteúdo que veio a público das conversas não é suficiente para levar um parlamentar à prisão. No caso do senador cassado Delcídio Amaral (sem partido-MS), o plenário decidiu, em novembro de 2015, mantê-lo preso após a determinação do STF.

Doze senadores são investigados na Lava Jato, nos inquéritos em tramitação no STF.

Renan disse ainda que é o maior interessado em que o Supremo esclareça os fatos ligados à sua investigação.

"Eu, mais do que qualquer um, tenho total interesse nos esclarecimentos dos fatos. (...) Tenho conduzido isso tudo com tranquilidade, serenidade e sabendo definitivamente que o esclarecimento é bom para todo mundo, mas especialmente é bom para mim", afirmou.

LEIA TAMBÉM:

- Um ACORDÃO do tamanho do Brasil: Senado se prepara para barrar prisões de Jucá e Renan

- Governo Temer teme que pedidos de prisão afetem impeachment

- 'Nada justifica medida tão drástica', diz advogado de Renan, Sarney e Jucá sobre pedidos de prisões

Also on HuffPost:

Close
Entenda a Operação Lava Jato
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção