Huffpost Brazil

7 sinais de que você é o verdadeiro problema no seu relacionamento

Publicado: Atualizado:
500 DAYS OF SUMMER
Divulgação
Imprimir

Quando as coisas começam a dar errado num relacionamento, é fácil colocar a culpa no parceiro. Mas é possível que você também tenha parcela de responsabilidade.

Abaixo, especialistas indicam sete sinais de que você é o problema do relacionamento – e como consertar a situação o mais rápido possível.

1. Você deixa seu parceiro fazer todo o trabalho.

Um bom relacionamento é uma parceria entre iguais. Portanto, as responsabilidades devem ser divididas de maneira igualitária. Se você deixa que seu parceiro cuide de tudo (vida social, iniciar o sexo, contas da casa, por exemplo), vai haver ressentimento, diz Megan Fleming, psicóloga e terapeuta sexual baseada em Nova York.

“Muitas vezes as pessoas querem que os parceiros tomem a iniciativa e depois somem do relacionamento”, disse ela.

Se você acha que está deixando o seu parceiro em segundo plano, ela sugere “compartilhar, apreciar e aprender a linguagem amorosa do parceiro” para provar que você ainda está envolvido no relacionamento.

2. Você está infeliz consigo mesmo.

Pode parecer clichê, mas você realmente tem de se amar antes de poder amar os outros, disse Seth Meyers, psicólogo e autor de Overcome Relationship Repetition Syndrome and Find the Love You Deserve ("supere a síndrome da repetição de relacionamentos e encontre o amor que você merece", em tradução livre).

Se você está infeliz em relação à sua vida – ou se sentido pouco à vontade consigo mesmo --, isso vai ter impacto no seu relacionamento.

“Tudo está interligado; depressão ou insatisfação quanto a outras partes da sua vida terão impacto negativo no seu relacionamento”, afirmou ele.

Cuide de si mesmo e se esforce para melhorar sua vida, disse Meyers. E, se for um pessimista nato, tente “ser ciente de como seu parceiro te enxerga no dia a dia”, afirmou ele.

3. Você fecha a cara depois de uma briga.

É emocionalmente exaustivo estar com alguém que se recusa a conversar com você depois de uma discussão. Da próxima vez que você e ele brigarem para decidir quem vai lavar a roupa (ou por qualquer outro motivo), pare um minuto. Depois de se acalmar, procure uma solução que faça sentido para os dois. Não feche a cara, afirmou Fleming.

“Muitas vezes vejo casais que ficam em silêncio durante horas, às vezes dias, por causa de uma briga”, disse ela. “Acalme-se e entenda o que aconteceu no instante antes de suas emoções terem tomado o lugar de seu pensamento racional.”


"Que dia é hoje, o 'Dia do Otário'?"

4. Você sempre espera o pior do seu parceiro.

Quando vocês estão enfrentando um problema, dê o benefício da dúvida à sua parceira. Ela provavelmente não está tentando prolongar a discussão nem tentando te magoar. É muito mais provável que ela queira superar a questão o mais rápido possível, disse Laurel Steinberg, especialista em relacionamentos de Nova York e professor-adjunto de psicologia da Universidade Columbia.

“Antes de reagir a algo que sua parceira disse ou fez e que te incomodou, tente antes entender as intenções dela”, afirmou a professora. “Será que ela tinha a intenção de te magoar ou de demonstrar pouca consideração? É mais provável que a resposta seja não, e que o problema seja simplesmente o resultado de desatenção ou de não entender suas expectativas.”

E se ela realmente estava tentando te magoar de propósito, considere se vale a pena continuar no relacionamento. “Não há espaço para crueldade intencional num relacionamento amoroso.”

5. Você não admite que errou.

Você é adulto e presumivelmente quer que o relacionamento seja duradouro. Para que isso aconteça, pare de fazer acusações e assuma a responsabilidade pelos seus erros, disse Meyer.

“É mais sinal se você tende a culpar os outros pelos seus erros”, afirmou ele. “Homens e mulheres que fazem isso acham sempre que o problema é das outras pessoas.”

Em vez de tentar descobrir quem errou, concentre-se em resolver o problema. “Você tem de tirar a palavra ‘erro’ da equação quando examina os problemas do relacionamento”, explicou ele.

6. Você muda de assunto durante as discussões.

É o erro definitivo das discussões: numa conversa acalorada sobre uma coisa, você de repente traz à tona algo que te incomodou anos atrás. Se parecer familiar, pode ser a razão pela qual você e seu parceiro não conseguem resolver nada, disse Steinberg.

“Concentração!”, disse ela. “Suas preocupações serão mais bem recebidas quando forem bem organizadas e concisas.”


"Eu me abri para você e você me julgou."

7. Você acha que não é parte do problema.

Se você não acha que tem parte da culpa pela situação não-ideal do seu relacionamento, temos uma notícia para te dar: você é o problema. Ninguém é 100% inocente em um relacionamento. Seja sincero a respeito de suas falhas, disse Michele Weiner-Davis, autora de Divorce Busting: A Step-by-Step Approach to Making Your Marriage Loving Again (acabando com o divórcio: um guia passo a passo para que seu relacionamento volte a ser amoroso, em tradução livre).

“Se as coisas não vão bem no seu relacionamento, o único sinal de que você precisa para saber que você é o problema é se você for um dos parceiros”, disse ela. “Os problemas nos relacionamentos não ocorrem no vácuo. Quando as coisas vão bem, são necessárias duas pessoas. Quando vão mal, a responsabilidade de consertar é de ambos.”

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- 12 de junho: Uma data nada romântica

- As 11 frases indispensáveis para se dizer em qualquer casamento

- Comercial emociona ao mostrar a difícil intimidade do olho no olho (VÍDEO)

Também no HuffPost Brasil:

Close
10 medos que matam os relacionamentos
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção