Huffpost Brazil

Deputada Federal 'ignora' concurso público e recomenda empresário para cargo de diplomata

Publicado: Atualizado:
GEOVANIA
Reprodução/Facebook
Imprimir

Três etapas. Conhecimento em Língua Portuguesa, História do Brasil, História Mundial, Política Internacional, Geografia, Inglês, Francês, Espanhol, Noções de Economia e Noções de Direito e Direito Internacional Público. Muitos anos de estudo.

Passar no Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) não é nada simples.

Para a deputada federal Geovania de Sá (PSDB-SC), o caminho parecia ser mais fácil: bastaria mandar um ofício para o ministro interino das Relações Exteriores, José Serra, que o microempresário Mauricio Studt conseguiria uma vaga no Ministério das Relações Exteriores.

Uma foto do documento que começou a circular nas redes sociais deixou irados vários candidatos que, há anos, se preparam para a prova.

"Por oportuno, informo tratar-se de pessoa idônea, responsável, e com desejo imenso em trabalhar no Ministério das Relações Exteriores, conforme currículo anexo", afirma a deputada no Ofício 027/2016.

Natural de Iují, no Rio Grande do Sul, Studt é proprietário de uma franquia da Cacau Show em Criciúma.

Provavelmente é por isso que a deputada sugere, "com total confiança em recomendá-lo", que Studt seja alocado em Brasília ou em Florianópolis - embora o nível inicial da carreira diplomática não preveja atividade regular na capital catarinense.

Procurada pelo G1, a deputada Geovânia confirmou a autenticidade do documento, e afirmou que não tinha intenção de burlar o concurso público.

Ela disse que o ofício foi encaminhado ao Itamaraty por "sua assessoria que não conferiu os requisitos básicos para a posse do cargo".

"A deputada assina incontáveis documentos diariamente e confia o conteúdo aos profissionais de seu gabinete. Ela defende que jamais teve a intenção de burlar qualquer concurso público e ainda lembra que sempre se manifestou a favor de sua obrigatoriedade. Geovania, inclusive, já recomendou ao senhor Maurício que estude para ingressar na carreira", diz a nota publicada pelo site.

Studt, todavia, parece saber como o sistema de ingresso funciona, pois chegou a compartilhar posts de cursos preparatórios para o concurso em seu perfil do Facebook.

merito5

O empresário também postou frases motivacionais que falam sobre força de vontade.

merito1

E se posicionou favoravelmente a cortes de cargos comissionados.

merito2

No entanto, nem tudo está perdido. O CACD está com inscrições abertas até a próxima segunda-feira (20).

São oferecidas 22 vagas de ampla concorrência, o salário inicial é de R$ 15.005,26 e a taxa para inscrição no concurso é de R$ 225 (leia o edital completo aqui). No concurso realizado no ano passado, o MRE registrou 6.003 candidatos inscritos para 30 vagas, uma média de 200,1 candidatos por vaga. Não vai ser fácil.

Também no HuffPost Brasil

Close
Concursos públicos em 2016
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção