Huffpost Brazil

Desemprego recorde no Brasil acelera desigualdade de distribuição de renda, diz Folha

Publicado: Atualizado:
GIVING POOR
Halfpoint via Getty Images
Imprimir

O desemprego cada vez mais alto no Brasil, com mais de 11 milhões de brasileiros sem trabalho, não é só mais um dos efeitos da crise brasileira, mas um agravante para a desigualdade no Brasil. Após anos de avanços contra a desigualdade de distribuição de renda no País, o gap entre ricos e pobres voltou a crescer com força no primeiro trimestre, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo.

Desde o início do segundo mandato da presidente afastada, Dilma Rousseff, em 2015, a desigualdade entre os brasileiros que formam a força de trabalho aumentou quase 3%. Para o professor da USP e especialista em políticas sociais, Rodolfo Hoffmann, a taxa é alta para um indicador que varia pouco ao longo do tempo. "Aumentou o desemprego, diminuiu a renda média e cresceu a pobreza". Na outra ponta, a renda entre os 10% mais ricos cresceu.

Ler toda a história em Folha.com

Também no HuffPost Brasil

Close
Mulheres ganham mais nestas 11 profissões
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção