Huffpost Brazil

Russomano lidera intenção de votos para prefeitura de São Paulo

Publicado: Atualizado:
RUSSOMANO MARTA SUPLICY ERUNDINA
Montagem / Facebook / Agência Brasil
Imprimir

O deputado federal Celso Russomanno (PRB-SP) lidera a disputa pela Prefeitura de São Paulo, de acordo com pesquisa IBOPE divulgada nesta terça-feira. O pré-candidato aparece com 26% das intenções de voto, seguido pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), com 10% dos eleitores e pela deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) por 8%.

O atual prefeito Fernando Haddad (PT) tem 7%, seguido por João Doria (PSDB), com 6%. Andrea Matarazzo (PSD) e Pastor Marco Feliciano (PSC) apresentam o mesmo percentual (4%), enquanto Delegado Olim (PP) obtém 3% das intenções de voto. Major Olímpio (SD) e Roberto Tripoli (PV) têm 2% cada um.

Os pré-candidatos Láercio Benko (PHS), Levy Fidelix (PRTB), Denise Abreu (PMB), Marlene Campos Machado (PTB) e Ricardo Young (REDE) têm 1% ou menos das citações do eleitorado paulistano. Brancos ou nulos totalizam 21%, enquanto 5% estão indecisos ou preferem não responder.

O levantamento foi feito entre os dias 16 e 19 de junho, em parceria com o Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de SP e Região (SETCESP). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Quando foi apresentado um número reduzido de pré-candidatos, o resultado é similar. Russomano teve 34% das intenções de voto, Marta alcançou 13% e Erundina 9%. Em seguida aparecem Haddad e Doria, com 8% e Matarazzo com 6%. Brancos e nulos representam 20% do eleitorado, enquanto 2% optam por não responder à pergunta.

Russomanno foi condenado em novembro a dois anos e dois meses de prisão –convertidos em penas alternativas– por ter nomeado como funcionária de seu gabinete, entre 1997 e 2001, a gerente de sua produtora de vídeo, a Night and Day Promoções.

Intenção de voto espontânea

Na pergunta espontânea, em que os entrevistados são perguntados sobre a intenção de voto sem a apresentação dos nomes dos possíveis candidatos, Haddad foi mencionado por 5% dos paulistanos e Russomanno por 4%. Os demais possíveis candidatos têm 2% ou menos das citações.

Pouco mais da metade da amostra (54%) declara não saber em quem votar, enquanto outros 26% declaram que pretendem votar em branco ou anular o voto.

Rejeição

Haddad foi citado por 46% como o pré-candidato em que não se votaria de jeito nenhum, seguido por Marta Suplicy (42%). Feliciano aparece com 31% das menções e Erundina com 29%. Cerca de um quarto (24%) não votaria de jeito nenhum em Levy Fidelix, enquanto Russomanno é mencionado por 22% dos paulistanos.

Os demais possíveis candidatos obtêm índices entre 11% e 7%. Aqueles que preferem não responder correspondem a 6% da amostra e 1% declara espontaneamente que poderia votar em qualquer um dos nomes apresentados. Nesta pergunta os entrevistados podiam mencionar mais de um pré-candidato.

Governo Haddad

Sobre a administração atual, 55% a consideram ruim ou péssima, enquanto 33% a avaliam de forma regular. Consideram a administração ótima ou boa, 12% dos paulistanos.

Cerca de três quartos da amostra (73%) desaprova a forma como Haddad vem administrando o município, enquanto outros 22% declaram que a aprovam. Aqueles que não sabem ou preferem não responder totalizam 5%.

LEIA TAMBÉM

- Cunha acusa: Ministro de Dilma tentou salvá-lo 3 vezes em troca de barrar impeachment

- Vereadores de cidade paraibana reajustam o próprio salário para R$ 880

- Donos de avião que matou Eduardo Campos são presos pela PF

Também no HuffPost Brasil:

Close
Rockstars da política: políticos que soltaram o lado artístico
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção