Huffpost Brazil

7 momentos emocionantes vividos entre mães e filhas

Publicado: Atualizado:
Imprimir

mãe e filha

Pegue o lenço de papel. Rápido.

Para quem está à procura das mais profundas emoções, nada como uma clássica história de mãe e filha.

Com a colaboração do projeto da marca de cosméticos SK-II, selecionamos sete momentos incrivelmente comoventes entre mães e filhas de todo o mundo, celebrando o incomparável e profundo vínculo entre gerações de mulheres. Avise se os seus olhos estiverem secos no final. Os nossos certamente não estão.

1. Quando uma rainha da beleza da Índia agradeceu à mãe por ter salvado sua vida

Quando Pooja Chopra subiu ao palco para ser coroada Miss Índia-Mundo em 2009, ninguém estava preparado para o que ela disse no discurso de aceitação: “Quando eu tinha 20 dias de vida, minha mãe teve de fazer uma escolha. Ou eu — uma menina — ou seu marido. Ela escolheu a mim. Quando estava indo embora, ela olhou para trás e disse ao marido:

‘Um dia esta menina vai me deixar orgulhosa’. Aquele dia chegou”.

Agora uma estrela de Bollywood, Chopra ainda reverencia a mãe, a quem ela descreveu no discurso como a maior influência em sua vida e carreira, “minha luz, minha mentora, minha força motriz”.

“Ela é minha vida”, Chopra disse ao The Huffington Post.

2. Quando esta mãe decidiu que a única maneira de fazer sua filha se sentir confortável era criar bonecas que se parecessem com ela

Uma simples viagem de carro mudou a vida de Angelica Sweeting, quando ela se deu conta de quão desconfortável sua filha de 3 anos, Sophia, se sentia na própria pele. “Ela odiava sua aparência porque não se parecia com a boneca que ela constantemente via ou com os personagens da TV”, Sweeting disse.

A mãe, de 27 anos, que mora em Miami, e o marido buscaram uma boneca que se parecesse com a filha, mas não conseguiram. Então a família arregaçou as mangas e criou a boneca Angelica, com cabelo natural, encaracolado e lavável, olhos castanhos e traços marcantes — esculpidos a partir de fotografias da mãe e da filha.

“Ela está aqui para expandir nosso espectro de beleza e oferecer mais às garotinhas, de modo que elas sejam capazes de ver que a beleza vem em diferentes tons”, Sweeting disse ao programa de TV norte-americano Today Show. Depois do ocorrido, ela pediu demissão e fundou a empresa Naturally Perfect Dolls.

Sophia, agora com 4 anos, está muito mais contente e mais confiante em relação à sua aparência — o perfeito presente de uma mãe para uma filha.

3. Quando esta mãe australiana ouviu a filha cantar — pela primeira vez em 30 anos

Sue Grimwood, de Sydney, ao sentar-se para esperar a grande banda entrar no palco, sabia que iria ouvir algo que mudaria sua vida, mas o que aconteceu em seguida foi totalmente inesperado.

Grimwood era surda há três décadas. Pensou que havia ido ao show em Camberra, capital da Austrália, para testar seu novo dispositivo de audição coclear para posterior avaliação. Então, sua filha, Kim Mustac, a quem Grimwood não ouvia cantar há 30 anos, a surpreendeu ao subir no palco para cantar Somewhere Over the Rainbow, acompanhada da Orquestra Sinfônica de Camberra.

“Foi a maior surpresa que já tive!”, Grimwood disse ao jornal Canberra Times. “Foi inacreditável, o dia mais mágico que tive em minha vida.”

4. Quando esta mãe etíope e filha se reencontraram depois de 18 anos de separação e guerra

Em 1998, Lemlem, uma jovem mãe que havia sido abandonada pelo marido, tomou a difícil decisão de deixar a Etiópia para buscar trabalho do outro lado da fronteira, na Eritreia. Ela nunca imaginou que ficaria sem ver a filha, na época com 2 anos, ou sua terra natal, por quase 20 anos.

Mas os confrontos na fronteira Eritreia-Etiópia tomaram proporções de uma grande guerra, e o conflito continuou por duas décadas.

Em entrevista recente à Cruz Vermelha, Lemlem disse: “Eu a vi pela primeira vez há dois anos nas fotos que ela enviou com uma mensagem da Cruz Vermelha. Quando recebi as fotos, senti que ela estava ao meu lado”.

No ano passado, Lemlem percebeu que as fotos não eram mais suficientes. Com a ajuda da organização internacional, ela finalmente voltou ao lar. “Estava muito emocionada e não parei de chorar desde o momento em que encontrei minha filha e minha irmã”, disse Lemlem. “Quando estava na Eritreia, pensava constantemente em minha família.

Nunca imaginei que as encontraria novamente depois de tanto tempo.”

5. Quando esta mãe tornou possível que a filha dançasse sua música favorita

Taylor Florence tem paralisia cerebral, mas nada iria impedi-la de dançar embalada pela música de Taylor Swift.

Quando sua mãe, Dana Florence, teve a oportunidade de testar um novo aparelho que ajudaria a filha de 6 anos a se remexer (e depois outras pessoas) pela primeira vez, ela sabiamente pegou a câmera.

O vídeo do momento foi um sucesso imediato — a alegria de Taylor e Dana é verdadeiramente contagiante. “Eu simplesmente fiquei muito feliz de ver minha filha dançando daquela maneira”, Dana disse ao HuffPost.

“Quando você tem uma criança com uma deficiência, ouve muitas vezes o que eles não podem fazer — a dança de Taylor me lembrou em focar no que ela PODE fazer!”

6. Quando esta blogueira de beleza permitiu que a filha de 2 anos a maquiasse

A blogueira de beleza britânica Georgia Rose conquistou fãs no mundo todo com seus tutoriais de maquiagem “DIY” (sigla em inglês para “Do It Yourself”, ou Faça Você Mesmo). Mas, talvez, sua maior fã seja a filha Lily.

“Todas as vezes que faço minha maquiagem, ela sempre fica ao lado da minha mesa na ponta dos pés me observando e fingindo que está pintando os olhos ou passando batom”, Rose disse ao HuffPost.

Rose queria saber o quanto a filha havia aprendido. Então, em um ato de coragem, decidiu deixar que Lily testasse suas habilidades. Como qualquer bom maquiador, Lily passa o corretivo embaixo dos olhos e um pouco de base. Mas ela engana bem! Vai com tudo na hora do blush e lápis de olho.

Lily agora tem 3 anos e (surpresa!) ainda adora maquiagem. “Ela aprendeu muito mais e adora testar e pegar alguns dos meus batons da minha gaveta!”, disse Rose.

7. Quando esta mãe e filha se viram pela primeira vez em 82 anos

Como os fãs de “Simplesmente Amor” podem confirmar, os aeroportos são o destino número 1 para um bom e emocionante reencontro.

E o reencontro para selar todos os reencontros ocorreu em janeiro deste ano, no aeroporto de Binghamton, estado de Nova York, quando, depois de cinco décadas de busca, Betty Morrell, de 82 anos, se reencontrou com a mãe biológica, Lena Pierce, de 96 anos.

“Foi como o começo de minha vida”, Morrell disse ao canal de TV norte-americano ABC News.

Pierce havia dado à luz em 1933, quando tinha apenas 13 anos. Pierce estava sob a guarda do Estado na época. Depois de seis meses, seu bebê foi levado e entregue a uma família para adoção.

Mas Morrell apenas soube que havia sido adotada quando um vizinho contou o fato a ela, o que a levou a uma busca de décadas por seus pais biológicos.

“Eu já havia meio que desistido quando minha neta Kimberly me inscreveu no Ancestry.com”, disse Morrell.

No reencontro em janeiro — duas décadas depois de Kimberly ter começado a ajudar a avó na busca —, Morell e a mãe sentiram uma conexão instantânea, disse. “Eu a olhei diretamente nos olhos, a abracei e sorri. Foi como se já a conhecesse toda minha vida.”

Não há um vínculo como o de uma mãe e uma filha. Inscreva-se no site SK-II para continuar a homenagear todas as mães que tocaram nossos corações e vidas com este vídeo e uma edição limitada do Facial Treatment Essence.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Esta mãe resolveu modificar as bonecas da filha. Agora elas estão sem maquiagem -- e lindas!

- Tenho saudade de ter mãe, tenho saudade de ser filha

- Mãe é criticada por amamentar suas filhas, de 1 e 3 anos, durante ensaio fotográfico que faziam juntas

Também no HuffPost Brasil:

Close
O amor universal entre mães e filhas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção