Huffpost Brazil

Denunciados por injúria e racismo contra Maju participavam de 'exército' de criminosos cibernéticos no Facebook

Publicado: Atualizado:
MAJU
Reprodução
Imprimir

As quatro pessoas denunciadas pelo Ministério Público por racismo contra a jornalista Maria Júlia Coutinho participavam de grupos no Facebook com milhares de membros que os ajudavam a cometer crimes cibernéticos, de acordo com o site G1. Segundo o Ministério Público, alguns esses grupos que Érico Monteiro dos Santos, Rogério Wagner Sales, Kaique Batista e Luiz Carlos de Araújo participavam incitavam "guerras virtuais" e tinham mais de 20 mil membros.

Além de incitarem ataques racistas, como foi o caso da apresentadora da previsão do tempo do Jornal Nacional, o grupo tirava páginas da rede social sem qualquer justificativa. De acordo com a reportagem, os membros dos grupos se denominavam "soldados" e elegiam páginas na rede social como "inimigos", nas quais se infiltravam e postavam fotos e vídeos pornográficospara, depois, denunciarem o material impróprio e o Facebook retirá-las do ar.

Ler toda a história em G1

Também no HuffPost Brasil

Close
Humor x racismo em Os Trapalhões
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção