Huffpost Brazil
Caio Delcolli Headshot
André Murched Headshot

Quem foi Ana Cristina Cesar, ícone da poesia homenageado na Flip deste ano (VÍDEO)

Publicado: Atualizado:
Imprimir

A poeta carioca Ana Cristina Cesar pode ter morrido 32 anos atrás, mas sua obra permanece viva – assim como sua figura misteriosa e, ainda, pouco conhecida pelo grande público.

Entretanto, isso pode estar em via de mudar: a autora é a homenageada da Festa Literária de Paraty (Flip) deste ano. Ana C., como era chamada pelos amigos, é a segunda mulher a ter o posto no evento: a primeira foi Clarice Lispector, em 2005.

Para entender mais a autora e seus estilo e importância, o HuffPost Brasil conversou com Sofia Mariutti, editora dos livros de Ana Cristina Cesar na Companhia das Letras. Influenciadora de muitos outros poetas, a escritora também foi jornalista, tradutora e acadêmica.

ana cristina cesar
A autora no Rio de Janeiro, em 1982

A grande demanda de mais mulheres escritoras presentes na Flip cai como uma luva para Ana C., conhecida também por questionar a presença de homens na maioria das posições de liderança no meio intelectual.

Assista ao vídeo acima e conheça mais sobre Ana C.

LEIA MAIS:

- 11 livros imperdíveis escritos por mulheres engraçadas

- 'Leitor, casei-me com ele': A razão NÃO feminista pela qual gostamos de Charlotte Brontë

- 13 aplicativos indispensáveis para quem ama ler

Também no HuffPost Brasil:

Close
16 razões para se orgulhar de guardar muitos livros em casa
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção