Huffpost Brazil

Brexit: Um milhão e meio de britânicos pedem novo referendo

Publicado: Atualizado:
BREXIT
Manifestante protesta em frente ao Parlamento após referendo decidir pela saída do Reino Unido da União Europeia | Dan Kitwood via Getty Images
Imprimir

Um milhão e meio de britânicos já assinaram, em menos de 24 horas, uma petição que pede um novo plebiscito para decidir se o Reino Unido deve mesmo sair da União Europeia. A votação realizada na quinta-feira (23) apontou que 51,89% querem deixar o bloco europeu, enquanto 48,11% optaram pela permanência.

O documento precisava de 100 mil assinaturas para ser considerado pelo Parlamento. Até esta manhã, 1,5 milhão de pessoas já haviam assinado. Propostas como esta são analisadas por uma comissão, que decide se ela será ou não levada à plenário.

"Queremos implementar uma regra que se o voto 'permanecer' ou 'sair' for inferior a 60%, com base em uma participação inferior a 75%, deve haver outro referendo", explicou o criador da petição, William Oliver Healey, ao Telegraph.

Outra petição na internet pede a independência de Londres. "Londres é uma cidade internacional, e queremos permanecer no coração da Europa. Sejamos sinceros - o resto do país não concorda. Então, Em vez de votarmos um contra o outro em todas as eleições, vamos fazer um divórcio oficial e seguir com nossos amigos no continente", diz o texto na página.

Mais de 100 mil assinaturas já foram coletadas e pedem que o prefeito de Londres, Sadiq Khan, declare Londres independente do Reino Unido e que a cidade se filie à União Europeia.

Entre os eleitores da capital londrina, a permanência do Reino Unido no bloco europeu venceu com 59,9% dos votos.

LEIA MAIS:

- Os eleitores que votaram pela saída da UE e depois se arrependeram

- Com saída do Reino Unido da União Europeia, esta é a hora de comprar euro e libra (LUIZA)

- Explicando Brexit: Se Donald Trump aprovou é porque NÃO é bom (GABI)

Também no HuffPost Brasil

Close
Reino Unido deixa União Europeia
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção