Huffpost Brazil

Resultado do referendo leva marido de Jo Cox a passar mensagem de otimismo

Publicado: Atualizado:
JO COX
Ian Gavan via Getty Images
Imprimir

O marido de Jo Cox, deputada trabalhista assassinada na semana passada, enviou uma mensagem de esperança, detalhando o que teria sido a reação de sua mulher diante da decisão dos britânicos de abandonar a União Europeia.

Ele tuitou:

Hoje Jo teria mantido o otimismo e estaria concentrada no que poderia fazer para unir o país em torno dos nossos melhores valores.

A mensagem foi retuitada milhares de vezes.

Muitos também responderam elogiando as palavras de Brendan Cox e a maneira como ele lidou com a morte da mulher.

Sua dignidade nas últimas semanas tem sido impressionante.

Obrigada Brendan por este tweet. Você é incrível. Sinto muito pela sua tristeza. Nossos pensamentos estão com vocês todos.

Suas palavras foram as primeiras a me confortar e inspirar esta manhã. Obrigada.

O senhor é um lorde. Me dá um pouco de esperança na raça humana.

Mesmo diante de mais incertezas, você tem força para ser positivo. Te saúdo.

Boa, Brendan, uma bela dose de perspectiva.

Suas palavras vieram depois de Nigel Farage ser criticado por afirmar que o Brexit venceu “sem que uma única bala fosse disparada”, dias depois do assassinato da deputada Cox.

Ele afirmou: “A alvorada irrompe num Reino Unido independente!”

“Lutamos contra as multinacionais, lutamos contra os grandes bancos comerciais, lutamos contra os políticos, lutamos contra mentiras, corrupção e fraude.”

“E hoje acredito que a honestidade, decência e crença no país vão vencer. E teremos vencido sem ter de lutar, sem que uma única bala fosse disparada.”

“Teremos vencido com trabalho duro, de pessoas como meu amigo [o financiador da campanha pela saída Arron] Banks. E de pessoas nos partidos Trabalhista, Conservador e Ukip, além de quem não tem filiação partidária.”

“Espero que essa vitória derrube este projeto fracassado e nos leve a uma Europa de Estados soberanos.”

Muito mau gosto de Nigel Farage comemorar a vitória “sem que uma única bala fosse disparada” depois do assassinato de Jo Cox.

“Sem que uma única bala fosse disparada”, diz Farage. Nos tornamos algo nojento.

Nigel Farage comemora a vitória do Brexit “sem que uma única bala fosse disparada”. Inacreditavelmente insensível e grosseiro.

Jo Cox foi assassinada a tiros na quinta-feira passada em Birstall, perto da cidade de Leeds.

O ataque aconteceu às 13h na frente da biblioteca da cidade, onde Cox, mãe de dois filhos, se reunia com seus eleitores.

Cox, eleita para o Parlamento no ano passado pelo distrito de Batley e Spen, foi levar de helicóptero para o Leeds Infirmary hospital, depois de levar dois tiros e ser esfaqueada.

Tommy Mair, de 52 anos, foi preso e será julgado pelo crime.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost UK e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Um milhão e meio de britânicos pedem novo referendo

- A Grã-Bretanha vai voltar a ser uma ilha

Também no HuffPost Brasil

Close
Reino Unido deixa União Europeia
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção