Huffpost Brazil

Após anunciar tratamento contra o câncer, Edson Celulari agradece apoio: 'A manifestação de vocês está me fortalecendo'

Publicado: Atualizado:
CELULARI
Reprodução/Instagram
Imprimir

Há duas semanas o ator Edson Celulari anunciou em seu perfil do Instagram que está em tratamento contra um linfoma não-Hodkin, um tipo de câncer.

Ele publicou uma foto dizendo que todo apoio seria bem vindo, e é isso, de fato, que tem recebido. Neste domingo (3), o ator postou outra foto mostrando e agradeceu todo o carinho que as pessoas tem compartilhado com ele:

"Muito obrigado a todos que oraram, torceram e pediram por mim. A manifestação de vocês foi emocionante e está me fortalecendo. A luta continua e a vitória, cada dia mais próxima. #TodoCarinhoSeráBemVindo #ForçaCelulari"

Apoio da família

Os familiares de Celulari se uniram em uma ação de apoio ao ator: Seus sobrinhos Ciro, Tiago, e Vitor Celulari, e o filho, Enzo Celulari rasparam a cabeça e iniciaram uma campanha por meio da hashtag #TodosPorCelulari.

Uma montagem mostrando todos eles de cabeça raspada foi publicada na página de um fã-clube do ator:

Se tem uma coisa que eu admiro é a FAMÍLIA! Família é a base de tudo, o princípio de tudo. Quando essa família é unida eu me emociono ainda mais. Que lindo e gratificante é ver esse apoio e essa união dos homens da família Celulari que estão tendo diante de um problema. Vocês são admiráveis! Que essa união, essa força e esse suporte que cada um de vocês estão dando ao Edson venha ser ingredientes essenciais nesse tratamento que com toda a certeza do mundo Deus já deu a vitória para ele seguir em frente. Parabéns pela atitude de vocês meninos, está sendo incrível ver esse amor e união ! Ahhh! É dos carecas que elas gostam mais! 😂😂😍❤️👏🏼 Obrigado Ciro, Tiago, Vítor e Enzo! ❤️ #TodosPorCelulari. | Coloquem os Créditos ao Fãsite, por favor.

A photo posted by Fãsite Edson Celulari (@fasiteedsoncelulari) on

Linfoma não-Hodgkin

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), existem mais de 20 tipos de diferentes linfomas não-Hodgkin.

Essa doença já acometeu diferentes personalidades brasileiras, como por exemplo o ator Reynaldo Gianecchini, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e a presidente afastada Dilma Rousseff.

Entre os sintomas da desse tipo de câncer estão: aumento dos linfonodos do pescoço, axilas e/ou virilha; sudorese noturna excessiva; febre; prurido (coceira na pele); e perda inexplicada de peso.

O Inca aponta que o Brasil deve registrar 10.240 casos de linfoma não-Hodgkin em 2016, com incidência maior em homens do que em mulheres.

Na maioria dos casos, o tratamento é feito com quimioterapia, radioterapia ou ambos.

Também na maioria dos casos, os linfomas não têm causa específica que contribua para o seu surgimento. Diferente do câncer de pulmão, por exemplo, cujo fumo atua como agente estimulante.

Continue na luta, Celulari! Torcemos por você.

Também no HuffPost Brasil

Close
11 famosos que falaram abertamente sobre ter diabetes
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção