Huffpost Brazil

Ponto para os hermanos! Argentina vai receber 3 mil refugiados sírios

Publicado: Atualizado:
REFUGEES SYRIA
Muhammad Hamed / Reuters
Imprimir

O governo argentino anunciou, nesta semana, que vai receber 3.000 refugiados sírios.

Segundo o La Nacion, o compromisso faz parte de um acordo firmado com a União Europeia.

O jornal El País diz que a parte de apoio técnico vai ficar por conta da Comissão Europeia. Com a proposta, a Argentina sai na frente e se torna o primeiro país da América Latina a fazer uma oferta concreta relacionada aos refugiados.

Em março, antes de Dilma Rousseff ser afastada da presidência, o governo negociava um acordo com a Alemanha para receber parte do fluxo de refugiados que busca asilo no país. De acordo com a BBC, as negociações foram suspensas.

Em nota enviada ao HuffPost Brasil, o Ministério da Justiça informou que "não houve nenhuma suspensão das negociações com a União Europeia, que continuam do ponto inicial onde estavam."

"O governo anterior não havia estabelecido nenhum programa ou projeto nesse sentido, nem previsto tampouco qualquer previsão orçamentária", informou a pasta em nota.

Até agora a Argentina já recebeu quase 1.000 sírios, 197 através do Programa Síria da Direção Nacional de Migrações, criado por Cristina Kirchner em 2014. No entanto, é pré-requisito que os refugiados sejam acolhidos por um familiar ou por uma organização.

O presidente argentino, Mauricio Macri, fechou o acordo durante uma viagem pela Europa, na qual deseja solidificar os laços entre o Mercosul e a União Europeia, e atrair investimentos para o país.

Também no HuffPost Brasil

Close
Angelina Jolie em campo de refugiados
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção