Huffpost Brazil

Beyoncé dá recado sobre violência contra negros: 'Parem de nos matar'

Publicado: Atualizado:
BEYONCE
Kevin Winter/BET via Getty Images
Imprimir

Quem entra no site oficial da cantora Beyoncé nesta sexta-feira (8) não vai se deparar com fotos da artista ou com sua agenda de shows. No lugar disso, vai ler um manifesto escrito pela cantora, e chamado de "Liberdade".

"Estamos fartos e cansados dos assassinatos de homens e mulheres jovens em nossas comunidades", afirma a cantora, que cita nominalmente Alton Sterling e Philando Castile. Os dois foram mortos nesta semana por policiais brancos em cidades americanas.

"Estamos cansados de que matem homens e mulheres de nossa comunidade. Está em nossas mãos tomar uma postura e exigir que deixem de nos matar. Não precisamos de compaixão. Precisamos que todos respeitem as nossas vidas".

Leia a íntegra do manifesto:

"Nós estamos fartos e cansados dos assassinatos de homens e mulheres jovens em nossas comunidades.

Depende de nós tomar uma posição e exigir que eles "parem de nos matar".

Nós não precisamos de compaixão. Nós precisamos que todos respeitem nossas vidas.

Nós vamos nos mobilizar como uma comunidade e lutar contra qualquer um que acredite que o assassinato ou qualquer outra ação violenta contra aqueles que juraram nos proteger devem continuar constantemente impunes.

Estes roubos de vidas nos fazem sentir desamparados e sem esperança, mas nós temos temos de acreditar que estamos lutando pelos direitos da próxima geração, pelos jovens homens e mulheres que acreditam no bem.

Esta é uma luta humana. Não importa sua raça, gênero ou orientação sexual. Esta é uma luta por qualquer um que se sente marginalizado, que está lutando por liberdade e direitos humanos.

Isto não é um recado direcionado a todos os policiais mas para todo ser humano que não valoriza a vida. A guerra contra pessoas de cor e todas as minorias precisa acabar.

O medo não é uma desculpa. O ódio não vencerá.

Nós todos temos o poder de canalizar nossa raiva e frustração em forma de ação. Nós devemos usar nossas vozes para entrar em contato com políticos e legisladores em nossas comunidades e pedir mudanças sociais e judiciais.

Enquanto nós rezamos pelas famílias de Alton Sterling e Philando Castile, também rezaremos pelo fim desta praga de injustiça em nossas comunidades.

Clique para fazer contato com os políticos e legisladores na sua área. Sua voz será ouvida.

- Beyoncé

Além da carta aberta, a estrela incitou todos a denunciarem e a agirem em sua conta no Instagram. No site de Beyoncé é possível encontrar links para entrar em contato com congressistas e também para protestar contra a morte de Alton Sterling e Philando Castile.

Também no HuffPost Brasil

Close
Protesto contra o racismo em Copacabana
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção