Huffpost Brazil

Cunha pode devolver R$ 300 milhões por envolvimento em corrupção

Publicado: Atualizado:
CUNHA DINHEIRO
Getty Images
Imprimir

A Procuradoria Geral da República requisitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) devolva quase R$ 300 milhões por seu envolvimento no esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato.

Esse valor vai representar a soma de todo o ressarcimento que Cunha deve pelas três denúncias oferecidas contra o deputado no STF. Segundo a Folha, a Procurador ainda não sabe o valor real do qual o deputado teria tirado vantagem dos esquemas em que estaria envolvido.

Em duas das denúncias, Cunha já é réu, respondendo a crimes como corrupção e lavagem de dinheiro. As investigações apuram o pagamento de pelo menos R$ 21,5 milhões em propina para o político. N denúncia mais recente, ainda em sigilo, o procurado Rodrigo Janot cobra uma devolução de R$ 13,7 milhões por danos morais e materiais.

A Folha revela que a maior reparação pedida pela Procuradoria será pela propina que Cunha receberia dos contratos de navios-sonda da Petrobras, somando R$ 5 milhões.

O ex-presidente da Câmara disse, por meio da assessoria, que está habituado a "ouvir os esdrúxulos pedidos" do Ministério Público Federal (MPF) contra ele. Cunha refere-se ao pedido do MPF para que ele seja condenado a reparar os cofres públicos em R$ 298,8 milhões. Ele deixou a função de presidente da Casa na semana passada.

Também no HuffPost Brasil

Close
Hotéis de luxo frequentados por Cunha e família
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção