Huffpost Brazil

Meninas do Vôlei vencem Estados Unidos e conquistam 11º Grand Prix da história

Publicado: Atualizado:
BRAZIL
Divulgação/FVBI
Imprimir

A vitória veio em um tie break arrasador do Brasil. A seleção feminina de vôlei não deu chances para as americanas e conquistaram o 11º título do Grand Prix da história. Era a confiança necessária que as meninas precisavam para a Olimpíada no Rio, que começa em agosto.

Quem acordou na manhã de domingo e ligou a televisão poderia ser bem pessimista. O começo da seleção brasileira não foi nada bom. Nada funcionava, da defesa ao ataque, e as americanas venceram o primeiro set por 18 a 25.

Mas as bicampeãs olímpicas mostraram muita calma no jogo e conseguiram se reerguer. O favoritismo dos Estados Unidos foi deixado de lado e o segundo set foi fácil: 25 a 17 a favor das brasileiras. A confiança no jogo fez com que a vitória viesse também no terceiro set.

O jogo, porém, voltou a ficar equilibrado e os Estados Unidos empataram o jogo por 25 a 22, depois de uma série de erros das brasileiras.

Qualquer Tie break tem mais nervosismo do que cobrança de pênaltis no futebol. A vitória não depende só de sorte. Envolve concentração, o lado psicológico e muita técnica. As brasileiras dominaram todos os requisitos. O Brasil dominou o jogo com maestria e logo abriu vantagem. Fabiana fez o último ponto, fechando o placar em 15 a 9. Era a confiança necessária que as meninas precisavam para disputar as Olimpíadas no Brasil.

"Estou muito orgulhoso, muito orgulhoso do meu time. Jogamos uma grande batalha, uma partida maravilhosa. No tie-break, qualquer um poderia ganhar, estou muito feliz. Mas precisamos pensar no Rio, porque a Olimpíada é mais importante que o Grand Prix", avaliou o técnico Zé Roberto Guimarães.

Na disputa pelo terceiro lugar, a Holanda surpreendeu a seleção russa. Depois de estar perdendo por 2 sets a 0, virou e chegou à vitória por 3 sets a 2.

Também no HuffPost Brasil

Close
Refugiados africanos atingem sonho olímpico no Brasil
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção