Huffpost Brazil
Grasielle Castro Headshot

A relação sincera entre Eduardo Paes e as Olimpíadas do Rio em 6 frases

Publicado: Atualizado:
EDUARDO PAES
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Imprimir

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, está afiado com relação à Olimpíada. Desde o fim de junho, ele tem disparado opiniões sinceras sobre o megaevento esportivo. O HuffPost Brasil separou as seis declarações que resumem o que o prefeito pensa sobre os jogos:

"As Olimpíadas são uma oportunidade perdida. Não estamos nos apresentando bem. Com essa crise econômica e política, com todos esses escândalos, este não é o melhor momento para estar nos olhos do mundo”, disse ao The Guardian.

"Se muda pô! (…) Deixa de ser mal humorado, po. Toma um chopp, joga uma pelada, dorme cedo, vai a igreja, dá uma namorada. Domingo pode”, disse pelo Twitter à morador que reclamou de sua gestão.

"Esse é o assunto mais sério do Rio, e o Estado está fazendo um trabalho terrível, horrível. O governo está falhando completamente em seu trabalho de policiar e cuidar das pessoas”.

"Já deu. O estado já passou muita responsabilidade para o município. Eles já receberam dinheiro do governo federal. Está na hora de fazer gestão, de tomar vergonha na cara e cumprir com suas obrigações. É um absurdo um secretário dizer isso (fechamento de hospitais) a essa altura do campeonato. Vai aprender a gerenciar, vai economizar."

"A gente pede para que as pessoas não venham para cá esperando Chicago, Nova York ou Londres. Comparem o Rio com o Rio.”

"O Rio não tem fortuna para fazer parque aquático. A prefeitura conseguiu fazer tanta coisa porque a gente recorreu ao setor privado. (…) Nada é mais justo do que o presidente Temer ajudar o Estado para vencer a crise. O Rio receberá os Jogos que não são só da cidade. O Brasil conquistou. Não fui sozinho a Copenhague (disputar ser a sede dos Jogos).”

LEIA TAMBÉM:

- Paes critica 'mau humor' de cariocas e diz a morador: 'Se muda, pô!'

- Rio 2016: Não vai faltar segurança, não tem risco de terrorismo, diz ministro

- Prefeito: 'As pessoas não devem ir às Olimpíadas no Rio esperando encontrar Londres'

Mais no HuffPost Brasil:

Close
Rio de Janeiro em ano de Olimpíadas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção