Huffpost Brazil

Lírio Parisotto presta depoimento e rebate denúncia de agressão feita por Luiza Brunet

Publicado: Atualizado:
LUIZA BRUNET
Fernanda Calfat/Getty Images | Fernanda Calfat via Getty Images
Imprimir

Ao que tudo indica, Lírio Parisotto não entendeu que violência contra mulher é algo injustificável.

O empresário bilionário prestou depoimento ao Ministério Público de São Paulo nesta quinta-feira (14). Ele foi denunciado por agressão pela ex-namorada, a atriz Luiza Brunet.

De acordo com Celso Vilardi, advogado do empresário, o depoimento durou cerca de uma hora. Nesse tempo, Parisotto contestou a versão de Luiza.

No último dia 4, ele usou seu Instagram para negar a versão de Luiza dizendo que apenas se defendeu de suas investidas.

No texto, afirmou também que a atriz é "muito agressiva".

Ao Ego, Vilardi contou que o empresário continua sustentando esta versão.

"Ele foi agredido por ela em diversos momentos, temos provas disso. Ele é vítima de agressão, ele conteve as agressões dela. Tudo o que ela diz precisa ser comprovado. Ela fez exames particulares, mas tudo precisa ser provado na Justiça. Ela diz que estava acamada, mas depois gravou novela. Vamos juntar a documentação e esperar que as testemunhas sejam ouvidas.”

De acordo com Vilardi, há provas de que Parisotto é quem foi agredido na ocasião:

"Ela diz que precisa se controlar e de auxílio médico, vamos trazer tudo isso. O que aconteceu em Nova York foi o que aconteceu, segundo Lírio, mais de dez vezes no relacionamento deles. Por algum motivo banal, ela perde a calma, se descontrola e o agride. Ele tem fotografias de mordidas, tapas e arranhões, de pontos. É óbvio que quando uma pessoa vai ser agredida, ela contém a outra.”

Ao site, o advogado disse também que seu cliente admite que "conteve" Luiza durante a briga, mas rebate a versão dela. Luiza afirma que levou um soco no olho, chutes no corpo, foi imobilizada e teve costelas quebradas pelo empresário.

"Ela não foi agredida. Ele conteve as agressões dela. Sobre quebrar costelas, na verdade, precisamos ver um laudo que comprova isso. Quem tem as costelas quebradas não consegue fazer as cenas que ela fez. Ela fez exame particular, mas depois vamos fazer toda essa apuração.”

Durante a entrevista, Vilardi também questionou a veracidade a denúncia de Luiza:

"Vamos ter que fazer exposições de algumas coisas desagradáveis. Não pode vir aqui e dizer que estava há 40 dias em repouso, sendo que no dia seguinte estava na Globo gravando cena de novela. Ela postou isso no Instagram! Não pode vir aqui e dizer que está de repouso com quatro costelas quebradas e estar trabalhando no dia seguinte.”

Luiza Brunet se pronunciou, por meio de seus advogados, sobre as acusações de Parisotto. Leia o comunicado oficial da atriz:

"Os advogados da atriz Luiza Brunet reiteram que a artista foi vítima de grave agressão por parte do seu ex-companheiro Lírio Parisotto. Também repudiam as recentes afirmações que, repetindo prática que é comum à maioria dos agressores de mulheres, insistem em distorcer fatos e apresentar como culpada quem sempre foi vítima. Por fim, reafirmam a confiança da atriz na condução dos trabalhos pelo Ministério Público.”

O caso

No dia 1º de julho veio a público a denúncia da atriz de 54 anos contra o ex-marido por agressão. Luiza revelou ter sido espancada por Parisotto em maio, quando o casal estava em Nova York.

Em entrevista ao Fantástico, Luiza disse que teve medo e vergonha de denunciar. "Só quem vive isso sabe do pavor e dos sentimentos conflitantes que tomam conta da gente", desabafou.

A Promotoria abriu inquérito para apurar o caso e pediu à Justiça medidas de proteção para a atriz. Solicitação acatada pelo Judiciário.

Além do relato sobre a agressão, Luiza entregou à promotoria exames - que comprovam que ela teve quatro costelas quebradas, lesões nas pernas e hematomas no rosto - e fotos.

LEIA MAIS:

- A dor de Luiza Brunet é a dor de todas nós

- Luiza Brunet não quer indenização de Lírio Parisotto. 'Ela quer justiça', diz advogado

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
#ElePodeNãoTeBater Mas... Violência Psicológica
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção