Huffpost Brazil
Amauri Terto Headshot

O dia de horror racista que Leslie Jones, de 'Caça-Fantasmas', viveu no Twitter

Publicado: Atualizado:
LESLIE JONES
Gregg DeGuire/WireImage | VALERIE MACON via Getty Images
Imprimir

A atriz Leslie Jones, que interpreta Patty Tolan na nova versão de Caça-Fantasmas deveria estar comemorando o sucesso do longa - que estreou na semana passada sob elogios da crítica e dos fãs do filme original.

Deveria, mas não está.

Depois de emocionar o mundo ao falar sobre representatividade negra na mídia, em uma declaração emocionada à Whoopi Goldberg, Leslie enfrentou um começo de semana cruel. Muito cruel.

Ela que também é comediante do programa Saturday Night Live passou a última segunda-feira (18) longe do humor e mais próxima da dor, em uma briga contra racistas no Twitter.

Ao longo do dia, ela foi bombardeada por insultos de diferentes usuários do microblog, que enviaram mensagens, fotos e montagens com a sua figura.

“Ok, eu já fui chamada de macaco, recebi fotos de bundas e até uma imagem com esperma no meu rosto. Estou tentando descobrir o que é o ser humano. Desisto”

Num primeiro momento, a atriz decidiu bloquear os usuários que a atacavam. Em seguida, decidiu retuitar as ofensas, como forma de denúncia, pedindo ajuda aos seguidores.

“Vou parar de bloquear, então todos vocês poderão vir na minha 'timeline' e ver tudo por vocês mesmos. Vocês não vão acreditar como são maus. É assustador”

“Espero que vocês vão atrás deles da mesma forma como eles tão vindo para cima de mim”

Veja alguns tweets racistas compartilhados pela atriz:

"Ela é a líder do grupo."

"'Caça-Fantasmas' não é o primeiro a ter um macaco."

"Esta é você, não Harambe (gorila morto recentemente nos EUA). Não o insulte."

Depois de inúmeras mensagens racistas compartilhadas, Leslie passou a receber apoio dos fãs por meio da hashtag #loveforlesliej (Amor para Leslie J, em português).

Usando a hashtag, o diretor do filme, Paul Feig, saiu em defesa da atriz:

“Leslie Jones é uma dos melhores pessoas que eu conheço. Qualquer ataque pessoal contra ela é um ataque contra todos nós."

Algumas celebridades também expressaram apoio à Leslie. Entre elas, a atriz Jada Pinkett Smith:

"#AmorParaLeslieJ Mantenha sua cabeça erguida e brilhe, querida!"

A atriz Brie Larson:

"Eu tenho #AmorParaLeslieJ ilimitado - e nenhuma tolerância para discurso de ódio."

E o ator Matt McGorry, de Orange Is the New Black e How To Get Away With Murder:

"Os atos vis de racismo e da fragilidade branca que Leslie Jones está enfrentando em seu feed do Twitter são absolutamente nojentos"

Depois de retuitar algumas mensagens de apoio, Leslie pediu ao Twitter que tomasse alguma medida em relação aos usuários racistas:

“Eu entendo que você tem a liberdade de expressão. Mas tem que haver algumas diretrizes quando você propaga o ódio assim."

Em seguida, o chefe executivo da companhia, Jack Dorsey, se pronunciou, pedindo que Jones envie uma mensagem direta a ele.

Ao longo do dia, a atriz fez vários desabafos, inconformada com os ataques recebidos. No final do dia se despediu dos seguidores com a seguinte mensagem:

“Eu estou saindo do Twitter hoje com lágrimas nos olhos e um coração muito triste. Tudo isso porque eu fiz um filme. Você pode ter odiado o filme, mas a merda que passei hoje é simplesmente... errada."

LEIA MAIS:

- 'The Birth of a Nation': Novo pôster do filme põe o dedo na ferida do racismo nos EUA

- A ciência explica como o preconceito racial afeta a saúde dos negros

TAMBÉM NO HUFFPOST BRASIL:

Close
12 filmes na Netflix em que negros são protagonistas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção