Huffpost Brazil

João Santana e Mônica Moura admitem caixa dois de campanha de Dilma em 2010, diz Folha

Publicado: Atualizado:
JOAO SANTANA
Marqueteiro João Santana foi preso em fevereiro deste ano | STR via Getty Images
Imprimir

A colunista da Folha Mônica Bergamo informa que o publicitário João Santana, marqueteiro da eleição e reeleição de Dilma Rousseff, em 2010 e 2014, e a mulher dele, Mônica Moura, tiveram uma audiência com o juiz Sérgio Moro nesta quinta-feira (21). O casal admitiu ter recebido caixa dois da campanha de 2010: um total de US$ 4,5 milhões.

Segundo a coluna, foi um engenheiro que tinha negócios com a Petrobras quem acabou fazendo o pagamento para eles. O ex-tesoureiro do PT João Vaccari havia indicado a Santana e Moura acertar as contas com Zwi Skornicki.

O dinheiro entrou em uma "conta não declarada no exterior", relata Mônica Bergamo.

Ler toda a história em Folha de S.Paulo