Huffpost Brazil

Esta garota de 7 anos não se sentia representada por nenhuma história de princesa. E resolveu escrever a sua!

Publicado: Atualizado:
PRINCESA NEGRA
Divulgação
Imprimir

Quantas histórias de princesas negras você conhece? Provavelmente muito menos do que aqueles que seguem o estereótipo da Cinderela, por exemplo.

Agora, imagine o que significa para uma menina de apenas 7 anos não se identificar com as suas personagens preferidas...

Isso aconteceu com Morgan Taylor. Acostumada a ouvir a típica frase "princesinha do papai", a garota disse ao seu pai, Todd Taylor, que ele não poderia a chamar assim, de acordo com o Today.

"Eu adoro que você me chame de princesa, mas eu não sou uma de verdade. Princesas tem cor de baunilha. Eu não posso ser uma."

Taylor ficou atordoado. Ele apresentou à filha o filme A Princesa e o Sapo, que conta a história da Princesa Tiana, para assim ela entender que meninas negras podem ser princesas também.

Mas Morgan questionou algo que Taylor nunca havia pensado: "Na maior parte do filme a princesa Tiana é um sapo. O filme tenta me encorajar a ser uma princesa, mas na verdade ele me diz que eu sou um sapo."

Essa foi a gota d'água para ele entender que algo precisava ser feito. Foi ai que surgiu a ideia de, porque não, criarem juntos sua própria princesa, livre de estereótipos e padrões de beleza.

Juntos, pai e filha publicaram o livro A Princesinha do Papai.

livro princesa negra

Eles fizeram uma vasta pesquisa sobre a cultura e as princesas africanas. A narrativa conta a história de Morgan, uma princesa que acha que não poder ser quem ela é. Segundo o pai, no instante em que começaram a escrever as ideias fluíram com muita naturalidade e a garota adorou aprender sobre outras princesas.

"Eu acho que é importante que os pais tenham consciência de como é importante que tenhamos uma imagem diversificada de princesas de todas as raças. É triste que qualquer criança ache que não pode ser uma princesa por causa da cor de sua pele," disse Taylor ao Today.

princesa negra

Já para Morgan, a mensagem que ela quer passar é bem simples:

"Eu quero que você saiba que todo mundo pode ter uma coroa, e eu quero que você não duvide disso!"

LEIA MAIS:

- Disney divulgou o primeiro trailer de Elena de Avalor, a primeira princesa latina da marca (VÍDEO)

- 'Alisa não, mãe!': Este projeto quer valorizar a beleza negra desde a infância

Também no HuffPost Brasil

Close
Princesas de Disney como personagens de 'Star Wars'
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção