Huffpost Brazil

Governo Temer prioriza aliados em repasses. São R$ 2 bilhões a aliados em 51 dias

Publicado: Atualizado:
Imprimir

michel temer

Em dois meses, o governo Michel Temer já distribuiu cerca de R$ 2 bilhões em convênios liberados com prefeituras. Com 1.024 prefeitos eleitos em 2012, o PMDB, partido de Temer, tem o maior número de prefeituras do País e espera crescer neste ano.

Levantamento do jornal O Estado de S. Paulo, com base em dados da Controladoria-Geral da União (CGU), aponta que os valores foram transferidos a 2.448 municípios e se destinaram a 5.213 obras.

A divisão das verbas, porém, está sendo, de acordo com o jornal, para "fazer agrados às bases políticas". "Pastas como Transportes, Esporte, Desenvolvimento Social Agrário e Ciência e Tecnologia concentraram repasses nos Estados dos respectivos titulares", conta o Estadão.

Em 51 dias, o valor das liberações de Temer é equivalente a dois terços dos R$ 2,9 bilhões que a presidente afastada Dilma Rousseff transferiu para os prefeitos entre janeiro e o início de maio. Em média, Dilma repassava R$ 21,8 mil diariamente a 2.413 municípios. A média de Temer, nestes primeiros 51 dias, é de R$ 38,1 mil por dia. Os dados se referem a até 2 de julho, quando a legislação eleitoral impõe restrições aos repasses.

LEIA TAMBÉM:

- Ombudsman diz que Folha 'errou e persistiu no erro' ao ocultar dados de pesquisa

- Em crise, governo sanciona aumento de 41,5% para o Judiciário

- The Intercept diz que Folha manipulou pesquisa para favorecer Temer

- A receita do governo Temer para sair da crise inclui mexer nas leis trabalhistas

Também no HuffPost Brasil

Close
Manifestação contra Michel Temer
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção