Huffpost Brazil

Dilma, Lula e FHC dizem que NÃO vão à abertura da Olimpíada

Publicado: Atualizado:
DILMA LULA FHC
Dilma, Lula e FHC recusaram convite da Olimpíadas | Reprodução
Imprimir

Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso confirmaram que não vão estar presentes na abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Os ex-presidentes FHC e Lula afirmaram à Folha que recusaram o convite do Comitê Olímpico Internacional (COI), feito sob aval do presidente interino Michel Temer.

Já a presidente afastada, em entrevista à RFI (Radio France Internacionale) na última segunda-feira (25), declarou que "não pretende participar da Olimpíada em uma posição secundária".

"Eu não pretendo participar da Olimpíada numa posição secundária. Porque em primeiro lugar esses jogos são fruto de um grande trabalho do ex-presidente Lula, no sentido de trazê-la para o Brasil. Em segundo, houve um grande esforço do governo federal que viabilizou a infraestrutura dos jogos, e por infraestrutura eu quero dizer o Parque Olímpico e a Vila de Deodoro. Quero deixar claro que todas as questões relativas à Vila dos Atletas dizem respeito a uma PPP, parceria público-privada entre a Prefeitura do Rio de Janeiro e o setor privado."

Temer será o responsável pela declaração que marca o início dos jogos, e é tradição nessas cerimônias uma breve aparição de autoridades durante a abertura. Porém, no caso brasileiro, o time estará desfalcado.

LEIA MAIS:

- 'O Comitê compreende a questão das pessoas transgêneras' diz Laerte ao carregar tocha olímpica

- Australianos chamam Vila Olímpica de 'inabitável' e Paes ironiza críticas

Também no HuffPost Brasil

Close
Rio de Janeiro em ano de Olimpíadas
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção