Huffpost Brazil

Pesquisa aponta que maioria dos eleitores republicanos apoiam legalização da maconha

Publicado: Atualizado:
MACONHA TRUMP
Getty / Gettystock
Imprimir

Os eleitores republicanos escolheram, em sua maioria, Donald Trump para concorrer com a democrata Hillary Clinton à presidência dos Estados Unidos em novembro.

Trump representa uma agenda ultraconservadora que fala em expulsar imigrantes, criar um muro na fronteira com o México, mas também fala em corte de impostos aos mais ricos e no incentivo aos negócios sobre praticamente tudo e todos.

Este mesmo eleitor, considerado conservador, virou a chave quando o assunto é legalização da maconha. A pesquisa mais recente divulgada pelo YouGov mostra que a maioria dos republicanos já não é mais favorável à proibição da droga.

Segundo a pesquisa, atualmente, 45% dos republicanos se declaram favoráveis à legalização da erva, ante 42% contrários.

Em dezembro do ano passado, os republicanos eram - ainda - mais conservadores. 50% se declaram contrários e apenas 36% acreditava na legalização. Em janeiro do ano passado, a rejeição era ainda maior: 59% não aprovava a legalização.

republicans

Apenas como base de comparação, entre os democratas, apenas 25% reprova a legalização, ante 63% de apoiadores da medida. Entre os eleitores que se declaram independentes, o apoio é de 55% e a rejeição de 33%.

Foram ouvidos 1 mil eleitores. Para os dados completos da pesquisa, é só clicar aqui.

LEIA TAMBÉM:

- Água batizada nos EUA: 'Terra da maconha' tem THC até na água

- Ativistas pedem doações de US$ 4,20 para Bernie no Dia da Maconha

- Em um ano, Colorado arrecada R$ 530 milhões em impostos com venda de maconha

- O que os pré-candidatos democratas à presidência dos EUA pensam da maconha?

Também no HuffPost Brasil

Close
Os usuários de maconha mais influentes nos EUA
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção