Huffpost Brazil

Mais uma vez, Ivete dispara contra onda de ódio: 'Homofobia é crime, tem que prender'

Publicado: Atualizado:
IVETE SANGALO
TV GLOBO/Divulgação
Imprimir

Depois de um discurso destruidor sobre respeito, sonoridade e compaixão, a cantora Ivete Sangalo voltou a se manifestar com clareza sobre o papel do artista e disparou: “homofobia é crime, tem que prender”.

Em entrevista ao apresentado Amaury Jr, que foi ao ar sábado (30), ela ressaltou que o papel do artista também é de “falar coisas de comum acordo”.

"Acho que o que eu propus ao público é ser cantora. A minha responsabilidade é falar coisas que sejam de comum acordo e que jamais mudarão na minha cabeça, como: homofobia é crime, tem que prender, tem que fazer valer essa lei porque isso é um absurdo.

Não existe um porquê de alguém agredir outra pessoa pela orientação sexual, por uma religião, por uma cor de pele, pelo sexo, classe social, elevador social, elevador de serviço. Aí eu vou até o fim!”

Na semana passada, a cantora já tinha feito um discurso lacrador. Na coletiva de oletiva de imprensa na última quarta-feira (27), em São Paulo, para lançar o novo DVD "Ivete Sangalo - Acústico em Trancoso”, ela repreendeu a homofobia e o racismo.

"O gay não precisa ser ajudado não, ninguém quer ajuda não. As pessoas querem respeito. Você pode até não gostar, mas respeite para ser respeitado. Aí amigo, você vê como ia funcionar.”

Em junho, um casal de gays foi agredido em um show de Ivete em São Paulo. Na época, a cantora classificou o fato como “deplorável”.

"Eu não entendo a energia da violência, seja ela qual for. E não entendo quando a energia da violência é direcionada a um grupo de pessoas, a uma tribo, enfim, eu acho isso de um mau gosto, de uma falta de respeito…”, disse na época.

LEIA MAIS:

-
Ivete Sangalo manda a real sobre onda de ódio: 'Gay não precisa ser ajudado, precisa de respeito'

- Falsiane? Ivete Sangalo parabeniza Claudia Leitte e divide opiniões nas redes sociais

- Ivete convida casal gay agredido para ver show de cima do palco, e promete protegê-los

Mais no HuffPost Brasil:

Close
30 músicas para comemorar 30 anos de axé
de
Post
Tweet
Publicidade
Post isto
fechar
Slide atual

Sugira uma correção